Informação do Ancelmo mostra cenário absurdo. Mufarrej deve explicações

47 comentários

Blog do Mansell

Blog do Mansell

Compartilhe

Nelson Mufarrej saiu em defesa de Paulo Autuori no Botafogo
Reprodução/ESPN Brasil

O jornalista Ancelmo Gois publicou nesta segunda-feira que o Botafogo perdeu em 2019 a chance de receber um aporte de cerca de R$ 300 milhões de um fundo americano. O motivo: a indecisão dos dirigentes em organizar o clube como empresa. Na época o presidente era Nelson Mufarrej.

Creio que dois anos depois o Botafogo esteja com um grande time, brigando por todos os títulos e de olho no Mundial de Clubes. Só isso explica a indecisão. Pois uma pessoa só pode estar indecisa se ela tem mais de um opção. Gostaria sinceramente de saber qual o plano B, que não deu certo.

Omissão é o pior cenário

Torcida em Botafogo x Boavista no Estádio Nilton Santos | Campeonato Carioca 2020
Torcida em Botafogo merece uma explicação (Foto: Vitor Silva/Botafogo)

Banner de produtos com frete grátis na loja do FogãoNET: carteira, bolsa de academia e máscaras do Botafogo

Nelson Mufarrej e sua gestão representaram um câncer para o Botafogo. O reflexo estamos vendo até hoje. As decisões de sua equipe quase sempre foram equivocadas, mas nada me irritava mais do que a omissão. Só que agora esta omissão passou de todos os limites caso a informação seja real.

Cabe a Mufarrej mostrar respeito ao clube e se posicionar sobre a situação. Só não dá para dizer que não era fácil decidir na época e que existiam outras possibilidades pois o quadro de lá para cá só piorou.

Notícias relacionadas