Ingredientes tornam jogo com CRB o mais importante do Botafogo na Série B

64 comentários

Blog do Mansell

Blog do Mansell

Compartilhe

Ingredientes tornam jogo com CRB o mais importante do Botafogo na Série B
Vitor Silva/Botafogo

O Botafogo inicia a semana de olho no CRB, adversário de sexta-feira. Teoricamente apenas mais num desafio na Série B do Campeonato Brasileiro. Entretanto alguns ingredientes fazem do jogo contra o CRB o mais importante do Botafogo na competição. O desempenho nesta partida pode ser fundamental para os rumos do clube na competição.

É nítido que Botafogo, Avaí, Goiás e CRB brigam por três vagas. Além disso CSA e Vasco tentam se insinuar nesta disputa. O Botafogo vinha fazendo uma boa competição desde a chegada de Enderson Moreira. Entretanto sentiu a pequena maratona de quatro jogos em dez dias e faturou apenas quatro de 12 pontos possíveis. Além disso viu o time jogar mal e até mesmo Enderson se irritar com torcedores.

Tudo isso faz com que no jogo contra o CRB represente muito. Se perder o Botafogo pode mergulhar em uma crise de insegurança no pior momento possível da competição. Agora a hora é de justamente crescer para conseguir os pontos necessários para este acesso.

Outros jogos em casa devem ser mais tranquilos

Estádio Nilton Santos em Botafogo x Avaí | Série B do Campeonato Brasileiro
Estádio Nilton Santos pode ser decisivo para o Botafogo subir

Mas se ganhar, se possível jogando bem melhor do que vimos contra o Avaí, o Botafogo soma três pontos, se garante no G-4 com uma rodada de folga e ainda impede um concorrente direto de pontuar. Além disso o Botafogo vai olhar para frente com a necessidade de fazer pontos muito mais em jogos que se espera triunfo de um postulante ao acesso. Falo em duelos em casa contra Brusque, Operário e Confiança. Soma-se a isso um embate na última rodada, no Niltão, contra um Guarani que desenha chegar a este jogo sem grandes aspirações. Além disso não é nenhum absurdo buscar alguns pontos em jogos fora contra Ponte Preta, Goiás, Cruzeiro e Brasil ou no clássico com o Vasco.

O CRB é o desafio mais complicado em casa de um Botafogo que tem no duelo a missão de dizer como será a reta final de sua Série B. Mas é possível passar por ele. Assim conseguir seu objetivo. Que Enderson e torcida coloquem o desentendimento de lado. Que Chay e Rafael Navarro voltem a ser os atletas de antes da maratona. Que Diego Gonçalves recupere o bom futebol. Que Diego Loureiro não comprometa e que Gilvan veja do banco de reservas Kanu e Joel Carli na zaga. O Botafogo precisa reagir.

Notícias relacionadas