Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Carioca

17/04/21 às 16:00 - Maracanã

Escudo Fluminense
FLU

X

Escudo Botafogo
BOT

Copa do Brasil

14/04/21 às 21:30 - Frasqueirão

Escudo ABC
ABC

1

X

1

Escudo Botafogo
BOT

Campeonato Carioca

10/04/21 às 21:05 - Raulino de Oliveira

Escudo Volta Redonda
VRE

2

X

2

Escudo Botafogo
BOT

Paquetá não era a primeira opção. Mas foi o maior erro técnico da gestão Mufarrej no Botafogo

0 comentários

Blog do Mansell

Blog do Mansell

Compartilhe

Paquetá não era a primeira opção. Mas foi o maior erro técnico da gestão Mufarrej no Botafogo

Li muito atento ao belo material produzido pelo amigo Carlos Eduardo Sangenetto no Boletim do C.E entrevistando o presidente Nelson Mufarrej. O dirigente analisa os técnicos de sua gestão. E ao ser abordado sobre Marcos Paquetá ele não pensou duas vezes em afirmar: “Foi uma decisão lamentável. Um erro muito grande.”. De fato. Se o erro foi percebido pela torcida no momento da escolha, os impactos daquela decisão foram sentidos ao fim da temporada. Os quatro jogos que ele comandou o time no Campeonato Brasileiro de 2018 (teve 1 na Copa Sul-Americana) custaram a classificação para a Libertadores. A vaga quase veio com a arrancada dada sob o comando de Zé Ricardo.

Paquetá durou pouco à frente do Glorioso (Foto: Vítor Silva/Botafogo)

Máscaras do FogãoNET para torcedores do Botafogo durante a quarentena da pandemia do novo coronavírus (COVID-19)

Se voltasse a jogar a Libertadores em 2019, o Botafogo poderia ter boa parte de seus problemas financeiros amenizados e estar em melhor situação. Isso mostra o impacto que uma escolha errada gera.

O fato curioso daquela situação é que Marcos Paquetá foi quase que obra do acaso. A total falta de opção. O Botafogo já queria naquele momento a volta de Eduardo Barroca, que teve o retorno confirmado um ano depois, em 2019.

– Ligamos para o Eduardo Barroca. Chegamos inclusive a trabalhar no sentido de trazer o Lucio Flavio para ser o braço direito do Barroca. O movimento foi todo feito, mas o Barroca não quis vir no meio do ano, com o trabalho em andamento – revelou um influente dirigente que tratou de parte da negociação.

Loja do FogãoNET por Estilo Piti | O Site oficial do torcedor do Botafogo | Cupom de 10% de desconto

Obra do destino?

O destino ajudou na escolha.

– Quando apresentamos o Paquetá para o presidente veio uma situação que uma das pessoas do staff dele tinha sido campeão pelo Botafogo. Se não me engano da Copa Conmebol. O Botafogo é ligado a tradição e até isso contribuiu. Mas foi um grande erro. Entretanto, depois acertamos com o Zé Ricardo – recordou o mesmo dirigente.

Mufarrej e o departamento de futebol do Botafogo tiveram a sensatez e humildade de reconhecerem o erro. O mesmo custou caro. Entretanto ficou no passado e o Botafogo precisa olhar para frente. Mas a situação entra para o folclore do clube.

Fonte: Redação FogãoNET

Comentários