Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Série B

17/06/21 às 19:00 - Do Café

Escudo Londrina
LON

X

Escudo Botafogo
BOT

Série B

13/06/21 às 16:00 - Raulino de Oliveira

Escudo Botafogo
BOT

3

X

0

Escudo Remo
REM

Série B

05/06/21 às 21:00 - Nilton Santos

Escudo Botafogo
BOT

2

X

0

Escudo Coritiba
CTB

Números de Chamusca colocam Botafogo entre sétimo e 11º lugar na Série B

81 comentários

Blog do Mansell

Blog do Mansell

Compartilhe

Marcelo Chamusca e Eduardo Freeland - Botafogo
Vitor Silva/Botafogo

O diretor de futebol do Botafogo, Eduardo Freeland, disse que iria pautar seu trabalho pelos números e por uma análise de desempenho. Assim entrevistou vários técnicos antes de aprovar Marcelo Chamusca. Com o Estadual chegando ao fim no sábado e com a Copa do Brasil já tendo terminado para o Botafogo de forma precoce, acredito que seja oportuno analisar os números de Chamusca. E eles nos levam a olhar o horizonte da Série B do Campeonato Brasileiro com muita preocupação. Com o desempenho do treinador até aqui o Alvinegro terminaria o torneio entre o sétimo e o 11º lugar.

Antes de mais nada é importante considerar que Chamusca ficou à frente do Botafogo em 16 partidas até aqui, com cinco vitórias, oito empates e três derrotas. O aproveitamento, arredondando para cima, é de 48%. Isso na Série B, com 114 pontos em disputa, significa que o Botafogo ficaria ao término de 38 rodadas com 55 pontos.

Analisei as últimas nove edições do Campeonato Brasileiro. Abaixo a posição de um time com 55 pontos:

ANOTIMEPOSIÇÃOPONTUAÇÃO
2012América-MG55 pontos
2013Avaí11º O Avaí ficou em décimo lugar com 56 pontos
2014Santa Cruz55 pontos
2015Bahia10º O Bahia fez 58 pontos em nono lugar e o Luverdense fez 54 pontos na décima posição
2016Luverdense55 pontos
2017Vila NovaVila Nova ficou em sétimo com 58 pontos e o Brasil em oitavo com 51 pontos
2018Londrina55 pontos
2019CRB55 pontos
2020Avaí55 pontos

Banner de produtos com frete grátis na loja do FogãoNET: carteira, bolsa de academia e máscaras

Freeland também deve ser cobrado

Eduardo Freeland fala sobre eliminações do Botafogo no Campeonato Carioca e Copa do Brasil
Eduardo Freeland precisa fazer um balanço do trabalho

Diante desses números não há como deixar de ficar preocupado com o futuro do Botafogo na Série B. Logicamente que não podemos prever se este desempenho de Chamusca vai melhorar com a chegada de reforços. Também não podemos adivinhar que um novo treinador vai melhorar o desempenho. Mas é nosso dever pelo menos considerar os possíveis desfechos.

Infelizmente chego a conclusão de que Freeland sequer pensa em demitir Chamusca porque sabe que boa parte desse desempenho se deve ao seu trabalho. O Botafogo disponibilizou a ele condições de contratar um meia e um atacante com valores um pouco acima do orçamento. Até o momento não temos cotado um único nome capaz de animar a torcida. E olha que boa parte dos torcedores alvinegros entendeu o momento e sabe que não dá para sonhar com Messi e nem Cristiano Ronaldo.

Assim vemos o Botafogo, a pouco mais de uma semana do começo da Série B, atrás de muitos de seus concorrentes. Mas não vemos uma análise concreta do seu diretor de futebol sobre o desempenho do time. Vejo o presidente Durcesio Mello em uma luta diária para colocar o Botafogo no rumo certo, lutando para corrigir equívocos históricos. Assim presidente, sabendo que não há parceria com o erro, sugiro que o senhor cobre de maneira firme o departamento de futebol. O sucesso de tudo o que está ao redor do Botafogo passa necessariamente pelo acesso. E com esses números ele não virá.

Notícias relacionadas
Comentários