Números mostram que virada do Botafogo na Série B foi histórica

25 comentários

Blog do Mansell

Blog do Mansell

Compartilhe

Números mostram que virada do Botafogo na Série B foi histórica
Vitor Silva/Botafogo

A “Maior Série B de todos os tempos”, “Super Série B”, “Mais difícil que a Série A” eram algumas das maneiras usadas para se chamar a competição conquistada pelo Botafogo no último domingo. Assim a expectativa sempre foi de grande equilíbrio e isso é real. Ninguém aqui é capaz de dizer que esperava há alguns meses que o Botafogo ganharia o título com uma rodada de antecipação ou conquistaria o acesso a três rodadas do fim. Mas os números do Botafogo mostram que se trata de uma virada histórica.

Na verdade os números do Botafogo até desmentem esta dificuldade que nós percebemos ao longo da competição. O Botafogo é dono do melhor aproveitamento, com 62,2, e tem mais pontos, 69. Algo óbvio em se tratando de um campeão antecipado. Mas o Botafogo domina em vários outros quesitos.

O Botafogo tem o ataque mais mortal da competição com 54 gols marcados. Divide com o Goiás o rótulo de defesa mais eficiente, com 29 gols sofridos. Assim tem o melhor saldo de gols, com 25 positivos. Em termos de saldo quem chega mais perto é o Goiás, com 17 positivos.

Botafogo não dependeu de um jogador

Navarro foi o artilheiro do Botafogo (Foto: Vitor Silva/Botafogo)

O Botafogo é o melhor mandante da competição. Além disso a distribuição de seus gols mostra um futebol solidário. Mesmo tendo Rafael Navarro como seu artilheiro, com 14 gols, o Glorioso não dependeu apenas dele. Tanto que teve Chay, Marco Antônio e Diego Gonçalves com oito gols cada um.

Se os números totais já mostram a soberania botafoguense, se formos levar em consideração apenas os de Enderson Moreira então vamos ver que com a chegada do treinador o Glorioso sobrou na turma. Esses dados não rejeitam que estamos falando da maior Série B de todos os tempos. Mas demonstram que o Botafogo conseguiu sim uma virada histórica.

Notícias relacionadas