O que Luxemburgo pede não vai acontecer. Botafogo não tem espaço na mídia atual

80 comentários

Blog do Mansell

Blog do Mansell

Compartilhe

Vanderlei Luxemburgo, ex-Palmeiras, está na pauta do Botafogo para substituir Bruno Lazaroni
Cesar Greco/Palmeiras

Vanderlei Luxemburgo deu entrevista bem interessante ao “Mano a Mano”, com o rapper Mano Brown, podcast no Spotify, falando sobre o pouco reconhecimento dado a Botafogo e Santos. Segundo palavras do próprio treinador, um dos mais vitoriosos do país, declarado torcedor do Flamengo, este reconhecimento não existe.

“O Brasil não enaltece e não reconhece e não perpetua algumas coisas. O Santos e Botafogo têm que ser perpetuados porque são os clubes mais conhecidos do mundo e os que os maiores jogadores do mundo jogaram, como o Pelé e o Garrincha“, disse ele.

Vanderlei Luxemburgo não está errado. Mas infelizmente ele não vai sensibilizar a mídia atual. O Botafogo é tradição. A mídia virou espetáculo. Principalmente no Brasil. Além disso aqui no Brasil existe o sentimento de que é preciso fazer uma espanholização do futebol brasileiro. Assim tornar apenas dois clubes relevantes e o restante figurantes. Isso nem na Espanha deu certo. Haja vista a pesada mala que o Barcelona se transformou.

Enquanto a mídia brasileira só lembra do Botafogo quando é para ridicularizar, pegar erros e mostrar problemas, a mídia internacional valoriza o clube. Escrevi sobre isso há algum tempo quando o Botafogo buscou Robben. A mídia internacional tratou o assunto de maneira completamente diferente dos jornais brasileiros.

Nem mesmo quando formou grandes times o Botafogo ganhou reconhecimento. André Rizek mostrou isso em algumas ocasiões. Boa parte da imprensa tratava o Botafogo como um intruso em um lugar reservado para dois clubes. Palmeiras, Galo e outros sofrem com o mesmo problema.

Quem disse que Botafogo não gera interesse?

Sport, da França, repercute interesse do Botafogo na contratação de Robben
Imprensa internacional mostra diferença na forma de tratar o Botafogo

E não me venham falar em audiência, interesse e outras coisas. A mídia também contribui para o desinteresse no Botafogo. O extinto “Jornal dos Sports” nunca se arrependeu de dar espaço ao Botafogo. Suas maiores vendas aconteceram em momentos marcantes do clube, como o 6 a 0 no Flamengo e o fim do jejum de 1989. Assim não é o Botafogo que não dá audiência. É a mídia que trabalha para o Botafogo não ter audiência.

Não tenho dúvidas que as administrações ruins contribuíram para este processo. Mas não explicam este tipo de comportamento. Afinal de contas, outros clubes enfrentaram crises graves, mas a mídia seguia dando valor para eles e com justiça. Entretanto não vale muito avançar isso pois não vamos mudar. Além disso, para desespero de alguns, o Botafogo é muito maior do que isso. E sua torcida sabe. Assim vamos olhar para o futuro.

Notícias relacionadas