O Quarentena Alvinegra de hoje vai ao ano de 2012. O Botafogo fazia a sua estreia no Campeonato Brasileiro contra o São Paulo no Estádio Nilton Santos. O jogo foi marcado por uma atuação de gala de Herrera, que fez três gols no triunfo, de virada, por 4 a 2. Mas ele chamou a atenção também por outro motivo. O argentino foi decisivo e logo após o jogo foi procurado pelo Fantástico, da TV Globo, para pedir música. Talvez sem entender do que se tratava, se recusou a pedir.

Máscaras do FogãoNET para torcedores do FogãoNET durante a quarentena da pandemia do novo coronavírus (COVID-19)

Em campo o São Paulo tinha um belo time. Ganharia a Copa Sul-Americana daquele ano. Casemiro, hoje no Real Madrid, Jadson, Lucas Moura e Luís Fabiano já deixavam claro que o Botafogo não teria a estreia dos sonhos. Mas o Alvinegro estava longe de ser ruim. Com Jefferson no gol, Renato no meio-de-campo, Maicosuel e Loco Abreu na frente, a briga se desenhava boa. E realmente foi. Entretanto, até a vitória o caminho foi longo.

São Paulo ficou duas vezes em vantagem

O São Paulo abriu o placar cedo, com um gol de Jadson, e garantiu a vantagem até o intervalo. Mas na volta para o segundo tempo as coisas logo mudariam. Herrera, aos quatro minutos, cabeceou para empatar a partida.

Loja do FogãoNET por Estilo Piti | O Site oficial do torcedor do Botafogo | Cupom de 10% de desconto

Aos 16 minutos a defesa alvinegra falhou e Luís Fabiano surgiu para cabecear e recolocar o São Paulo em vantagem. Entretanto, o Botafogo não se deu por vencido. Aos 23 minutos o árbitro Sandro Meira Ricci acertadamente marcou pênalti de Paulo Miranda em Herrera. O argentino, que estava impossível, converteu e empatou. Mas ainda teria mais de Herrera.

O Botafogo então se lançou para decidir o jogo. Aos 27 minutos Vitor Júnior cobrou uma falta sofrida por Renato, a bola desviou na barreira e matou o goleiro Denis. Curiosamente o desviou foi de Cícero, hoje no Botafogo. Mas não tinha acabado. Pouco depois Herrera, aproveitando erro grosseiro da defesa paulista, chutou de primeira e definiu o marcador. Uma dela atuação. Mas sem música.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 4 X 2 SÃO PAULO

Local: Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 20 de maio de 2012 (Domingo)
Árbitro: Sandro Meira Ricci (DF)
Renda: R$ 215010.0
Pagantes: 4.838 pagantes
Cartões amarelos: Luís Fabiano e Paulo Miranda (São Paulo)
Gols:
BOTAFOGO: Herrera aos 4, 23 e 32 minutos e Vitor Júnior aos 27 minutos do 2º Tempo
SÃO PAULO: Jadson aos 12 minutos do 1º Tempo e Luís Fabiano aos 16 minutos do 2º Tempo

BOTAFOGO: Jefferson, Lucas, Brinner, Fábio Ferreira e Márcio Azevedo; Jadson, Renato, Fellype Gabriel (Lucas Zen), Maicosuel e Vitor Júnior (Gabriel); Loco Abreu (Herrera). Técnico: Oswaldo de Oliveira

SÃO PAULO: Denis, Douglas, Paulo Miranda, Rhodolfo e Bruno Cortez; Denilson, Casemiro (Maicon), Jadson (Fernandinho) e Cícero; Lucas Moura e Luís Fabiano. Técnico: Emerson Leão

Fonte: Redação FogãoNET