Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Série B

13/06/21 às 16:00 - Raulino de Oliveira

Escudo Botafogo
BOT

X

Escudo Remo
REM

Série B

05/06/21 às 21:00 - Nilton Santos

Escudo Botafogo
BOT

2

X

0

Escudo Coritiba
CTB

Série B

28/05/21 às 21:30 - OBA

Escudo Vila Nova
VLN

1

X

1

Escudo Botafogo
BOT

Trabalho de Freeland deve ser cobrado. Mas o principal responsável é Chamusca

127 comentários

Blog do Mansell

Blog do Mansell

Compartilhe

Eduardo Freeland - Botafogo
Reprodução/Botafogo TV

Internamente o CEO Jorge Braga vem cobrando o trabalho de vários setores do clube. Um choque de realidade que um homem acostumado a grandes empresas encontrou no Botafogo. Mas quem lá estava também se chocou. Tirando os chamados cornetas, os dirigentes quase nunca são cobrados. Assim Eduardo Freeland, que é um dos mais cobrados, deve encarar o fato com muita naturalidade.

O Botafogo contratou 12 jogadores. Mas um deles, Joel Carli, não pode entrar na conta de Freeland, pois foi um acordo com o presidente Durcesio Mello devido a antigas dívidas. E Carli é uma contratação que não se discute pelo que representa no Botafogo. Assim Freeland deve ser analisado por 11 reforços. O goleiro Douglas Bastos, o lateral-direito Jonathan, Ricardinho, Pedro Castro e Matheus Frizzo, os reforços para o meio, além de Ronald não vejo como equivocados. Alguns podem ser titulares e outros compor o plantel. O zagueiro Gilvan e o meia Marco Antônio ainda vejo sob análise. Apenas três reforços, Rafael Carioca, Felipe Ferreira e Marcinho foram contratações que não deram a resposta esperada.

Botafogo deve cobrar Freeland por Chamusca

Marcelo Chamusca - Botafogo x Nova Iguaçu
Marcelo Chamusca ainda não montou o time (Foto: Vitor Silva/Botafogo)

Mas aí entra a questão Marcelo Chamusca. Hoje o treinador é o principal responsável pelo Botafogo não ter um time. E justamente os três reforços “equivocados” que chegaram com aval do treinador. Chamusca não conseguiu dar padrão e nem organizar o Botafogo. Mesmo com problemas atuais é evidente que o Botafogo poderia estar em um patamar um pouco melhor.

Alguns vão dizer que nesse caso Freeland é sim o responsável, pois contratou o treinador. De fato em última instância podemos pensar dessa forma. Mas o limite entre a responsabilidade de cada um fica visível quando notamos a República de Cuiabá. Diria que o clube hoje deve cobrar Freeland pela contratação de Chamusca.

Notícias relacionadas
Comentários