Carlos Eduardo Sangenetto
03/12/2017
Rio de Janeiro (RJ)

A torcida do Botafogo voltará a viver emoções à flor da pele na tarde deste domingo, no Nilton Santos, no jogo contra o Cruzeiro, que definirá ou não a classificação do Glorioso à Libertadores de 2018. Tal nível de pilha para uma partida na casa alvinegra não era visto desde 2009.

Wellington e Jobson marcaram os gols do Botafogo sobre o Palmeiras na última rodada do Campeonato Brasileiro de 2009Wellington e Jobson marcaram os gols do sofrido jogo de 2009 contra o Palmeiras (Fotos: Reprodução/Rede Globo)

Há oito anos, no dia 6 de dezembro, o Fogão chegava à última rodada do Campeonato Brasileiro na zona de rebaixamento e precisando vencer o Palmeiras, que brigava por uma vaga no G4, para continuar na Série A. Na ocasião, mais de 38 mil botafoguenses foram ao estádio e viram o time vencer por 2 a 1, com gols de Wellington e Jobson, no segundo tempo, e se livrar da queda. O livramento do descenso para segunda divisão certamente deu um alívio e tanto para as autoridades policiais e para o clube, que não precisaram se preocupar tanto com a reação da torcida no pós-jogo. Simultaneamente, uma batalha campal lamentável era vista por todo o país no Couto Pereira, onde o Fluminense rebaixou o Coritiba.

A partir das 17h deste domingo, a situação é diferente, é claro. A briga é lá em cima, e, por mais que a diretoria tenha reduzido o preço dos ingressos, o público estará bem abaixo dos quase 40 mil de oito anos atrás. No entanto, a surpreendente temporada de 2017 da equipe deixou o torcedor do Botafogo mais exigente do que já é. Caso o time não se classifique para próxima Libertadores, ainda mais após a sequência de derrotas em casa na reta final do campeonato e as brigas já registradas nas arquibancadas, sem contar com os últimos acontecimentos com jogadores, como os episódios lamentáveis envolvendo Bruno Silva e Roger, a frustração se somaria com a irritação e a consequência disso poderia ser perigosa. Sim, perigosa a nível de chamar a atenção do clube quanto à segurança no Nilton Santos.

Esperamos a classificação, mas também bom senso por parte de torcedores e diretoria caso as coisas não aconteçam como desejamos. Você também fica apreensivo? Como está a ansiedade? Deixe seu comentário.

Bom jogo!

Saudações alvinegras!

Torcida Jovem do Botafogo inverte faixa no Estádio Nilton Santos após a derrota para o Atlético-GOOrganizadas do Botafogo protestaram na derrota para o Atlético-GO no Nilton Santos (Foto: FOGÃONET)