Desde dezembro do ano passado, Leo Valencia não sai da mira de Colo-Colo e Universidad de Chile. Os clubes de Santiago fazem sondagens, mas não apresentam uma proposta interessante ao Botafogo, que já avisou que não aceita liberar o jogador por empréstimo de jeito nenhum. No entanto, uma nova opção de negócio foi conhecida nesta segunda-feira. Consultado pela imprensa chilena, Gustavo Noronha, vice-presidente de futebol do Fogão, disse que se a La U tiver algum atacante interessante, uma troca entre as equipes não está descartada.

– Nossa ideia é clara: se La U quer Leo Valencia, deverá pagar o que o jogador vale. A forma que mais nos interessa é a venda definitiva. Não quero falar de preços por respeito ao jogador. Mas se nos fizerem uma proposta formal, estudaremos. Não gostaríamos de emprestá-lo porque acreditamos que o atleta tem um valor de mercado e isso tem que ser cumprido. Porém, não descartamos uma troca por algum outro jogador da Universidade de Chile. Temos que negociar e ver – abriu a possibilidade Noronha ao jornal La Cuarta.

Quando questionado sobre qual tipo de jogador poderia interessar ao Botafogo, o dirigente foi específico ao apontar que a necessidade alvinegra atualmente é um reforço para o ataque, pedido especial do técnico Eduardo Barroca, que deseja um atacante para competir pela titularidade com Diego Souza e “agregar” valor ao jovem Igor Cássio.

– Nós precisamos de um 9, um atacante goleador. Essa é a nossa opção de mercado atualmente. Se La U tiver alguém, podemos fazer um negócio. Não conheço os jogadores do elenco chileno. Faríamos uma análise profunda para ver a quem podemos recorrer – afirmou Noronha.

O plantel da La U possui hoje seis atacantes: 🇦🇷 Leandro Benegas (30), 🇨🇱 Sebastían Ubilla (28), 🇨🇱 Nicolás Guerra (20), 🇨🇱 Ángelo Henríquez (25), 🇨🇱 Matías Campos López (28) e 🇵🇦 Gabriel Torres (30).

Atacantes delanteros da Universidad de Chile, que podem ser negociados com o BotafogoE aí, Fogão? Atacantes do atual elenco da Universidad de Chile (Foto: Reprodução/Site oficial)
Fonte: Redação FogãoNET e La Cuarta