No Uruguai com a família desde que se despediu do Botafogo no início da semana, Rodrigo Aguirre diz não saber ainda qual camisa vestirá em 2019. O atacante da Udinese afirmou, em entrevista nesta quarta-feira, que deve jogar na LDU ou no Barcelona-EQU, mas gostaria de retornar ao Nacional-URU, clube que se destacou em 2017.

– Eu sei que tenho que viajar para o Equador. Há duas equipes interessadas, mas isso está sendo visto pelo Pablo Bentancur (empresário) com a Udinese. São duas opções: LDU e Barcelona. Eu gostei porque são dois clubes grandes do Equador, agradeço a eles pelo tratamento que me deram – declarou à radio uruguaia Sport 890.

Quando questionado se tem vontade de voltar ao Nacional-URU, Aguirre não escondeu sua identificação com a equipe tricampeã da Libertadores.

– Eu falei com Iván Alonso (gerente de futebol do Nacional) e gostei da ideia de ficar aqui no Uruguai, mas a Udinese não aceita um empréstimo grátis. Não dependia de mim – revelou.

Em outubro do ano passado, Rodrigo Aguirre desagradou à torcida do Botafogo na internet ao colocar uma foto de camisa do Nacional em seu perfil no Twitter. Na ocasião, a imagem foi postada em virtude de um superclássico contra o Peñarol, pelo Campeonato Uruguaio.