Após tomar conhecimento de que o Botafogo não aceita emprestar Leo Valencia, o Colo-Colo ganhou um ótimo motivo para não desistir da contratação do jogador. O Cacique acertou a venda do volante Claudio Baeza para o Al-Ahli, da Arábia Saudita, por aproximadamente R$ 14 milhões, e cogita usar o dinheiro para fazer uma investida no camisa 10 alvinegro.

Segundo o jornal La Cuarta, do Chile, diante desta nova situação, os dirigentes estão divididos se dão o passo para a operação financeira ou não. Há quem prefira que o dinheiro entre para o caixa do clube enquanto outros membros da diretoria colocolina defendem um elenco de peso mesmo fora da Copa Libertadores. Ainda de acordo com a publicação, a decisão está nas mãos do gerente de futebol Marcelo Espina.

Com contrato até julho de 2020, o meia Leo Valencia é um pedido especial do técnico Mario Salas, que treina a equipe chilena em Pilar, na Argentina, durante a pré-temporada.

O Boletim do C.E entrou em contato com a diretoria alvinegra, que preferiu não entrar em detalhes a respeito da multa rescisória do atleta. À coluna do FOGÃONET, o Botafogo limitou-se a dizer que aguarda uma proposta pelo chileno nos próximos dias.