Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

(OFF) Decepção no Botafogo, Rodrigo Aguirre é emprestado sem custo a clube mexicano após 2020 em baixa na LDU

21 comentários

Boletim do C.E.

Boletim do C.E.

Compartilhe

Rodrigo Aguirre, ex-Botafogo e LDU, jogará no Necaxa, do México
Reprodução/Instagram (@aguirrerodrigo21)

De desejo à decepção do Botafogo em 2018, Rodrigo Aguirre deixou a LDU e deve ser anunciado em breve pelo Necaxa, do México. Com um alto salário para os padrões do Equador (cerca de R$ 100 mil), o centroavante uruguaio precisou ser emprestado depois de uma temporada abaixo da expectativa – cinco gols em 25 partidas.

– Rodrigo Aguirre vai para o Necaxa por empréstimo de um ano, sem custo, mas com uma boa opção de compra. Para equilibrar a questão, renovamos com Aguirre, que prorrogou seu contrato com a Liga até 2022 – disse Esteban Paz, presidente do comitê de futebol da LDU, à imprensa local.

Frustração no Botafogo, artilheiro na chegada à LDU

Em Quito, Rodrigo Aguirre foi mais feliz no início da sua passagem, assim que chegou à Liga, em 2019, fazendo gols, inclusive, na Libertadores, nas partidas contra Peñarol e Olimpia. O atacante terminou o ano com uma ótima performance: foram 14 gols em 30 jogos disputados. Por conta disso, clubes como o Vélez Sarsfield, da Argentina, e Rayo Vallecano, da Espanha, foram apontados como interessados no seu futebol.

Já na temporada anterior, no Botafogo, uma frustração. Carente de artilheiros, a torcida alvinegra pediu a contratação de Aguirre, que pouco correspondeu em campo ao chegar de empréstimo da Udinese (ITA). Com a camisa do Glorioso, foram 25 jogos, um gol e duas expulsões.

Fonte: Redação FogãoNET e El Comercio

Notícias relacionadas
Comentários