Igor Rabello, Gatito Fernández, Matheus Fernandes e HelersonIgor Rabello, Gatito Fernández, Matheus Fernandes e Helerson foram sondados por times europeus em 2017
(Fotos: Vítor Silva/SSPress/BFR/Arquivo Pessoal)

Carlos Eduardo Sangenetto
03/01/2018
Rio de Janeiro (RJ)

A janela de transferências do futebol europeu começou ontem, terça-feira, primeiro dia útil de 2018. Embora seja um período mais tímido, no qual os clubes não gastam tanto dinheiro no mercado da bola por causa do meio da temporada, o Botafogo aguarda novas propostas do Velho Continente para deixar os cofres mais saudáveis em um ano difícil financeiramente.

O mais cotado para uma nova investida europeia é o zagueiro Igor Rabello, que no meio do ano passado despertou interesse de clubes de três países: Atalanta e Udinese, da Itália, Werder Bremen, da Alemanha, e Anderlecht, da Bélgica. O Boletim do C.E publicou em outubro passado que a diretoria espera uma oferta na casa dos R$ 20 milhões para liberar o General.

Quem também chamou atenção na metade de 2017 foi Gatito Fernández. As grandes atuações na Libertadores e na Copa do Brasil fizeram o goleiro paraguaio virar assunto na Itália, mais precisamente no Napoli. Os italianos estariam dispostos a pagar cerca de R$ 11,5 milhões em negociações com intermediários, mas nenhuma proposta oficial chegou ao Rio de Janeiro. Apesar da possibilidade de uma nova procura europeia, Gatito declarou à imprensa paraguaia que está feliz no Glorioso e pretende se consolidar na meta alvinegra.

Joias sub-20 do Botafogo também na mira da Europa

Outra esperança é Matheus Fernandes. O volante de 19 anos chegou a receber um contato informal do Barcelona no mesmo período do ano passado e foi cotado com uma das maiores promessas sub-20 do futebol mundial pela revista inglesa Four Four Two. Resguardado, o Botafogo elevou a multa rescisória da joia para R$ 131 milhões – o contrato vai até 2020.

Até a base do Fogão ganhou destaque na Europa. O FOGÃONET revelou nos últimos dias de 2017 que o zagueiro Helerson, de 20 anos, recebeu uma proposta oficial do Braga, de Portugal. Optando por um plano de carreira no Alvinegro, o jovem recusou a oportunidade e integrará o elenco profissional, sob o comando do técnico Felipe Conceição, a partir deste mês.

A janela fecha dia 31. Quem vocês acham que larga na frente por uma possível transferência? Todos são negociáveis?

Saudações alvinegras!