Carlos Eduardo Sangenetto
15/08/2017
Rio de Janeiro (RJ)

Com o máximo respeito pelo dinossauro do jornalismo Juca Kfouri e demais colegas da imprensa que não curtiram a declaração de Jair Ventura sobre a contratação do técnico Reinaldo Rueda pelo Flamengo. O técnico do Fogão disse, na noite desta segunda-feira, ao programa Boa Noite Fox, que a chegada do estrangeiro não era legal para o mercado brasileiro, pois tirava a oportunidade de jovens treinadores brasileiros.

Beleza. Mas e aí, qual é o problema nisso? Os jornalistas perguntaram, o Jair respondeu, simples assim. O cara não pode defender os colegas de classe agora? A luta é antiga, complicada, desvalorizada e a própria mídia tem dado espaço para isso. O técnico Roger, ex-Grêmio e Atlético-MG, dias antes recusou o convite do Flamengo, por também defender a bandeira da profissão, e não deu essa repercussão toda. Por que será? É semana de clássico, né? Um simples chuvisco vira uma tempestade para cliques na internet.

Jair Ventura, Reinaldo Rueda e Juca Kfouri

Opinião de Jair Ventura sobre contratação de Reinaldo Rueda foi criticada pelo jornalista Juca Kfouri
(Fotos: Reprodução/Fox Sports/ESPN)

A opinião de Jair, taxada de “coisa medíocre” foi acompanhada, diferentemente do que muitos pensam, de cordialidade, elogioreconhecimento e respeito ao profissional colombiano (leia a íntegra da declaração abaixo). Houve um equívoco na interpretação, que fez, inclusive, o treinador botafoguense dar explicações.

E digo mais, e se Ventura quisesse apenas apimentar a partida com outro tipo de declaração? É clássico de semifinal de Copa do Brasil, amigos. É um jogo grande para cacete. Sem se exceder e incitar a violência, é válido, sim! No Bom Dia Fox, no Boa Tarde Fox, até no Papo com Bial.

Estão deixando o futebol chato, se a mídia pegar carona nisso…

Aí, sim. Seria uma decepção terrível para todos nós.

Saudações alvinegras!

A íntegra da declaração de Jair sobre a chegada de Rueda ao Flamengo:

“A gente fala muito que o treinador brasileiro vem perdendo espaço no exterior. A gente hoje com o Tite, que na minha visão é o melhor treinador do Brasil, no cargo mais importante, a gente começa a recuperar isso. Não que eu seja contra os estrangeiros trabalharem aqui, só que estamos perdendo mercado lá fora, e daqui a pouco começamos a perder o mercado interno. Então, para que adianta a gente se preparar, a gente estudar? Eu venho fazendo diversos cursos sempre, venho sempre me preparando. As pessoas tem que olhar primeiro para cá, para depois olhar pra fora. Então isso pra gente, como treinador, não vejo de uma maneira legal. Respeito a decisão de quem fez. Acho ele um grande treinador, enfrentei na fase de grupos da Libertadores. Foram dois grandes jogos, equipe organizada, diversas situações táticas… Consegue ver que é o trabalho do treinador. Acho até que ele pode dar certo.

“Mas estou falando em nome dos treinadores, em nome dos treinadores… Eu, como treinador jovem e brasileiro, para o mercado, isso é muito ruim. Parece que não temos profissionais capacitados para trabalhar dentro do nosso próprio país. Isso é muito ruim pra gente. Principalmente pra gente que está começando. Você sonha em ter oportunidade. Outros jovens treinadores também querem trabalhar. Estão prontos mas de repente não conseguem a oportunidade. Eu tive essa oportunidade que o meu presidente me deu. Tenho certeza que outros bons treinadores jovens e brasileiros que podem trabalhar aqui e no exterior. Hoje, eu não posso trabalhar no exterior porque eu não tenho a licença. E qualquer pessoa pode chegar e trabalhar no Brasil, isso não é legal. Não vejo de uma maneira legal. Desejo toda sorte para o Rueda, mas acho que é uma coisa que temos que repensar. Por que não podemos trabalhar fora e os outros treinadores podem… Estão tirando o espaço de outros treinadores que querem trabalhar, que estão esperando uma oportunidade”.

Jair Ventura no programa da Fox SportsJair Ventura enfrentará o Flamengo nesta quarta-feira, pela semifinal da Copa do Brasil (Foto: Reprodução/Fox Sports)