O apresentador Tadeu Schmidt, do Fantástico, explicou nesta segunda-feira por que o cavalinho do Botafogo não esteve em evidência na homenagem feita pelo programa dominical da Rede Globo ao Flamengo, após o incêndio fatal no Ninho do Urubu. O fato deixou alguns torcedores alvinegros descontentes com a emissora.

O jornalista esclareceu que nada passou de uma “questão operacional”, pediu desculpa para quem se sentiu ofendido com a distância do cavalinho alvinegro para o homenageado e disse que a maior preocupação do Show da Vida era com quem estava sendo abraçado.

“Eu nem ia escrever nada aqui, porque a única coisa importante agora é a dor das pessoas próximas dos garotos… Mas vi que alguns torcedores do Botafogo ficaram chateados, então, vamos lá: os 20 cavalinhos da Série A estão na homenagem. Só apareceram 2 ao lado do Flamengo inicialmente por uma questão operacional, nada mais do que isso. Juntar vários cavalinhos prejudica a qualidade da cena. Tanto que o do Botafogo acabou ficando apertadinho mesmo. Se isso ofendeu alguém, perdão. Mas, sinceramente, nossa preocupação não era com aqueles que estavam dando o abraço, era com quem estava recebendo. É CLARO que ninguém está dizendo que o Botafogo não se solidarizou! É CLARO que ninguém está dizendo que o Botafogo não é importante! Por favor, parem de procurar ódio onde só existe amor.”, escreveu Tadeu no Instagram.