Carlos Eduardo Sangenetto
15/06/2017
Rio de Janeiro (RJ)

Diferentemente dos barcelonistas de Guayaquil, que se assustaram com o Botafogo na fase de grupos da Libertadores da América, os torcedores do Nacional-URU esbanjaram confiança ao ver o nome do Botafogo ser revelado como adversário nas oitavas de final da principal competição do continente.

O destino do Botafogo nas oitavas de final da Libertadores

Desde o fim do sorteio realizado na sede da Conmebol, em Luque, no Paraguai, os uruguaios adotaram um discurso otimista, apesar de terem se classificado como o pior segundo colocado na fase anterior. Segundo publicações no Twitter, o temido era um confronto contra clubes argentinos: “Os brasileiros não metem medo na gente”, afirmou uma delas.

A fé pelos lados dos tricampeões da América (1971-1980-1988) está grande, mas será que eles estão ligados que o Fogão já mandou donos de 10 taças para casa? Nos encanta, amigos!

Veja abaixo algumas publicações:

O destino do Botafogo nas oitavas de final da Libertadores