O Botafogo vai tomar conhecimento no início desta semana se conseguirá avançar por Rodrigo Aguirre. O atacante é a favor da transferência, mas o Alvinegro já comunicou que não tem condições de pagar o valor pedido pela Udinese-ITA de 500 mil dólares (cerca de R$ 1,5 milhão) por um contrato de empréstimo. O empresário do atleta, Pablo Betancourt, usará sua influência e tentará convencer a equipe italiana a reduzir a pedida.

De acordo com o agente de Rodrigo Aguirre, em entrevista à Rádio Globo, alguns clubes já procuraram o atleta e algumas propostas já foram recusadas. O jogador ficou empolgado com a possibilidade de defender o Botafogo após receber muitas mensagens em suas páginas nas redes sociais.

Enquanto aguarda a conversa entre Pablo Betancourt e Udinese-ITA, o Botafogo também monitora outra situação. O clube ainda não desistiu do atacante Rony, que viajou para o Japão e irá se reunir com o Albirex-JAP para também tentar a liberação. É improvável que o Alvinegro faça as duas contratações.

Rodrigo Aguirre é cria da base do Liverpool, do Uruguai. O jogador foi vendido à Udinese em 2014, mas não teve muito espaço e acumulou empréstimos para Empoli-ITA, Perugia-ITA, Lugano-SUI e Nacional-URU, onde disputou 26 partidas e marcou 13 gols em 2017. O atleta também tem no currículo convocações para a seleção uruguaia de base.

Fonte: Esporte Interativo