O técnico Paulo Autuori ainda não definiu quando promoverá a estreia do japonês Honda pelo Botafogo. Havia a expectativa de que fosse no clássico do próximo sábado, contra o Flamengo, no Maracanã. Se não for lá, pode ser no primeiro duelo contra o Paraná pela Copa do Brasil, ainda sem local definido, ou diante do Bangu, dia 15, no Estádio Nilton Santos, com transmissão da TV aberta.

Banner da loja do FogãoNET para faixa japonesa

– A minha visão em termos de gestão do futebol é o todo. Não tem uma parte mais importante. Temos que ver a necessidade. Vontade pessoal em trabalho de equipe não existe. Vamos ter uma visão do todo. Ainda dependemos da parte jurídica, e um visto para um jogador japonês não é fácil. Vamos ver com calma. É um jogo interessante (Flamengo), mas não é nada de extraordinário. Temos que pensar no Honda para ajudar o Botafogo o mais rápido possível – disse o treinador.

O Botafogo já conseguiu o visto de trabalho na semana passada, mas ainda não regularizou Honda junto à Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj), o que deve ocorrer no decorrer da semana que se inicia.

Fonte: Redação FogãoNET e Globoesporte.com