Rodrigo Aguirre está perto de deixar o Botafogo. Sem espaço no elenco alvinegro, o atacante de 23 anos negocia sua saída do futebol brasileiro. O uruguaio despertou o interesse de clubes de países vizinhos. O Cerro Porteño e o Libertad, ambos do Paraguai, chegaram a fazer proposta pelo atleta, mas as conversas não avançaram.

Em dezembro do último ano, o empresário Pablo Bentancur, recebeu ofertas do Olímpia, do Paraguai e do Talleres, da Argentina, mas Rodrigo Aguirre escolheu negociar com o Barcelona de Guayaquil.

Nos últimos dias, o Botafogo acertou a renovação de Erik, entretanto está mapeando o mercado em busca de mais um atleta para o ataque. Nesse ínterim, Alex Santana e Gustavo Ferrareis, que são jogadores mais ofensivos, também pode atuar no setor.

O Botafogo está por detalhes para confirmar a chegada do atacante Hyoran, do Palmeiras. Quatro reforços para o setor ofensivo que tiraram ainda mais o espaço de Rodrigo Aguirre.

Dirigente do Barcelona explica negociação com o Botafogo

O Barcelona, do Equador, aguarda uma posição da diretoria alvinegra para anunciar a chegada de Rodrigo Aguirre. O clube equatoriano assumiu a dívida do Botafogo com a Udinese. O Alvinegro devia aos italianos cerca de R$ 800 mil pelo empréstimo do atleta até junho deste ano. Além disso, o Barcelona de Guayaquil vai pagar ao jogador um salário em torno de US$ 70 mil (aproximadamente R$ 264 mil).

Em entrevista ao Esporte 24 Horas, o presidente do Barcelona, José Francisco Cevallos, confirmou a negociação com o Botafogo por Rodrigo Aguirre.

“Estamos conversando vários pontos importantes, porque não é uma negociação fácil. A operação envolve Barcelona, Botafogo e Udinese. Falta apenas à autorização do clube italiano, dono do passe de (Rodrigo) Aguirre para que o acordo seja finalizado. A proposta do Barcelona é boa para todas as partes.”

O atacante uruguaio é um pedido técnico Guillermo Almada, que busca alternativas para o setor ofensivo para o Barcelona.

“Foi um pedido expresso do treinador que conhece suas capacidades. Queremos que o Rodrigo Aguirre esteja à disposição de Guillermo Almada o mais rápido possível. Estamos muito confiantes de que a negociação será sacramentada a qualquer momento.”

Trajetória apagada com a camisa alvinegra

Rodrigo Aguirre foi contratado em 2018 junto a Udinese, da Itália. Ele chegou como principal reforço do clube na última temporada. O jogador foi contratado com status de ídolo. Chegou para disputar posição com Brenner e Kieza, no entanto, nunca conseguiu se firmar.

O atacante, inclusive, ainda teve de conviver com a reserva por opção do técnico Zé Ricardo. No último domingo (20), na derrota do Botafogo por 3 a 1 para a Cabofriense, Rodrigo Aguirre atuou poucos minutos com a camisa alvinegra. No total, disputou 24 jogos e marcou apenas um gol pelo Botafogo.

Fonte: Esporte 24 Horas