Se o Flamengo quiser mesmo contar com Willian Arão em 2016 terá que abrir mão do futebol de Everton.

O Botafogo já admite deixar de pagar os R$ 400 mil e abrir mão da renovação automática com o volante prevista em contrato.

A exigência é simples:

O Flamengo terá que incluir o meia Everton na negociação.

O jogador passou pelo Botafogo em 2011 e o nome foi indicado pelo técnico Ricardo Gomes.

Willian Arão, através do pai, procurador do atleta, está apalavrado com os dirigentes do Flamengo.

Fonte: Blog do Bruno Voloch - Yahoo!