Blog: Jefferson e mais 9 foram convocados por ‘exigência’ de agência de marketing

Compartilhe:

A convocação de dez jogadores da seleção brasileira que participaram do fiasco na última Copa do Mundo não foi propriamente uma opção do técnico Dunga, pretensamente interessado em mesclar juventude e experiência em seus dois primeiros jogos visando à Copa do Mundo de 2018, na Rússia.

A presença de um número mínimo dos jogadores inscritos no Mundial consta do contrato de comercialização dos jogos vendidos pela inglesa Pitch International, agência de marketing esportivo que se encarrega de organizar os amistosos da seleção desde 2012.

A empresa substitui a suíça Kentaro, que detinha os tais direitos.

OS JOGOS amistosos que a seleção brasileira fará nos Estados Unidos em setembro (Colômbia, no dia 5, e Equador, no dia 8) foram negociados antes da trágica eliminação nas semifinais da Copa com os vergonhosos 7 a 1 aplicados pela Alemanha.

RECENTEMENTE, Vladmir Lashkul, presidente do Comitê que cuida da seleções ucranianas, informou que antes do desastre no Mineirão um amistoso com o Brasil custava U$ 3,5 milhões _ com acréscimo de US$ 250 mil se o time conquistasse o hexacampeonato.

SEGUNDO o cartola, este valor acabou reduzido pela metade após a desclassificação do time de Felipão.

Até então, três jogos já estavam definidos: os dois de setembro, mais a partida contra a Argentina, no dia 12 de outubro, que será disputada em Pequim, na China, válida pelo Super Clássico das Américas.

APÓS A COPA, a Pitch fechou o amistoso contra a seleção japonesa, no dia 14 de outubro, também em Pequim, e mais o confronto com a Turquia, no dia 12 de novembro, em Istambul _ data oferecida aos ucranianos.

Há ainda a possibilidade da realização de mais um jogo em 2014.

CONFORME ÚLTIMO balanço da CBF, houve evolução de receita na operação da entidade nos últimos cinco anos, saindo de uma arrecadação de R$ 236 milhões em 2009 para R$ 436 milhões em 2013.

Deste valor, R$ 113,2 milhões (26%) vieram dos direitos de comercialização dos jogos.

PORTANTO, as convocações de Jefferson, Maicon, David Luiz, Luís Gustavo, Fernandinho, Ramires, Oscar, Willian, Hulk e Neymar fazem parte do atrativo exigido para estes eventos.

Se o Brasil tivesse conquistado a Copa do Mundo, seriam “dez campeões mundiais”.

AO QUE PARECE, o trabalho de Dunga foi dobrado.

Dois grupos foram convocados nesta terça-feira: os dez da última Copa do Mundo e os doze do próximo Mundial…



Fonte: Blog do Gilmar Ferreira - Extra Online
Comentários