A derrota do Botafogo para o Unión Espanhola, na quarta-feira, no Maracanã, não apenas  o dificultou a classificação do time para a próxima fase da Libertadores.

O resultado mexeu também com a empolgação do atacante Emerson Sheik, que pode encerrar hoje a novela sobre sua situação no Corinthians.

Se tiver de sair do Timão, hipótese mais provável, o jogador gostaria de voltar ao futebol carioca.

E a boa situação do Glorioso na competição sul-americana era um componente importante.

O tropeço fez esfriar um pouco da empolgação e o Atlético-MG surge como potencial candidato.

O atual campeão da América tem Ronaldinho, Tardelli, Jô e Rever, jogadores de seleção, e a Emerson seria reforço e tanto para a segunda fase do torneio.

Sheik sabe disso. Mas a ideia de passar um tempo no Rio, mais próximo da família, é também algo a ser levado em consideração.

De qualquer maneira, o objetivo é ficar fora do Parques São Jorge até o final do ano, retornando em janeiro para encerrar a carreira pelo Corinthians.

Tudo em preto e branco…

DESEJO.

Boa fonte me diz que o desejo de Sheik era retornar ao Flamengo, que lhe abriu as portas para o retorno ao Brasil e por onde se sagrou campeão brasileiro em 2009.

Reinaldo Pitta, agente do jogador, desmente a informação.

E nega que o Flamengo tenha manifestado interesse no jogador.

Sei não…

Fonte: Blog do Gilmar Ferreira - Extra Online