Bota falha no Maracanã, mas Oswaldo não desiste de título

Compartilhe:

Botafogo e Cruzeiro travavam uma dura batalha pela liderança do Campeonato Brasileiro até a 22ª rodada, quando os mineiros bateram os cariocas e abriram sete pontos na ponta da classificação. O Alvinegro ainda tinha esperanças de recuperação rápida, já que teria uma sequência de quatro partidas consecutivas no Maracanã, onde mantinha bom aproveitamento – 81% dos pontos conquistados. Após o empate por 1 a 1 com o Fluminense, a situação do time de Oswaldo de Oliveira na tabela está longe do planejado.

A um jogo de encerrar essa série caseira, o Botafogo não conseguiu cumprir o esperado. Pelo contrário: perdeu para Bahia e Ponte Preta e empatou com o Fluminense, nesta quarta-feira. Com apenas um ponto conquistado em nove disputados, o Alvinegro viu seu aproveitamento despencar para 60%. Assim, o time de General Severiano caiu para a terceira posição, viu o Cruzeiro abrir 13 pontos e dificultou sua missão de levantar a taça em dezembro.

Apesar da dificuldade, o técnico do Botafogo, Oswaldo de Oliveira, não joga a toalha. Ele admite que o Brasileiro está próximo do Cruzeiro, mas confia numa queda dos mineiros para que o Alvinegro volte com força à disputa.

“A nossa expectativa diminui um pouco pelo distanciamento do Cruzeiro. Mas ninguém aqui desistiu, vamos continuar até que seja matematicamente impossível. Temos vários jogos pela frente. O foco é se reaproximar e esperar pelo erro do Cruzeiro”, disse o comandante alvinegro.

E uma das explicações para que o Botafogo tenha caído de produção é o cansaço acumulado da maratona de jogos. Oswaldo de Oliveira sabe da necessidade de ter um elenco mais encorpado neste momento. Ele lamenta as vendas de Fellype Gabriel, Andrezinho e Vitinho e afirma que o Alvinegro teria mais fôlego caso o trio ainda estivesse em General Severiano.

“Perdemos jogadores importantíssimos. Conseguimos superar de bate pronto, mas a exigência da competição desgastante como é o Brasileiro não poupou. Com todos esses atletas que saíram a diferença seria grande pra nós. Teríamos mais fôlego. Vamos continuar batalhando na busca do titulo, que continua possível, apesar de mais longe”, ponderou.

Com o empate diante do Fluminense, o Botafogo chegou aos 43 pontos e se manteve na terceira colocação. Grêmio e, principalmente, Cruzeiro abrem na classificação. Os gaúchos foram a 45 na segunda posição, enquanto os mineiros lideram com 56. Na próxima rodada, o Alvinegro encara justamente o Grêmio – às 18h30 deste sábado, no Maracanã.



Fonte: UOL
Comentários