É chato ser vice. Mas o Botafogo está de parabéns. Com um time barato, repleto de garotos e guerreiro, o Glorioso foi valente, atacou o tempo todo, saiu na frente, mas sofreu o empate num lance que surgiu de uma falta inexistente e ficou no empate em 1 a 1 com o Vasco, resultando no vice-campeonato carioca pelo segundo ano seguido.

Com uma equipe madura taticamente, mas ainda carente de peças mais experientes e técnicas, o Glorioso agora irá para seu principal desafio na temporada: o Campeonato Brasileiro. A estreia na Série A acontece no próximo domingo, às 11h, no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda. Mas antes, na quinta-feira, o Fogão encara o Juazeirense, no sertão nordestino, pela segunda fase da Copa do Brasil.

Leandrinho fez o gol do Botafogo na final (FOTO: Satiro Sodré/SSPress/Botafogo)

Leandrinho fez o gol do Botafogo na final (FOTO: Satiro Sodré/SSPress/Botafogo)

FICHA TÉCNICA

VASCO 1 X 1 BOTAFOGO

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)

Data: 8 de maio de 2016 (Domingo)

Horário: 16h(de Brasília)

Público: 60 mil presentes(53.634 pagantes)

Árbitro: Leonardo Garcia Cavaleiro (RJ)

Assistentes: Rodrigo Figueirense Corrêa (RJ) e Dibert Pedrosa Moisés (RJ)

Cartão amarelo: Rodrigo, Andrezinho, Jorge Henrique, Nenê(Vas); Luis Ricardo, Bruno Silva, Salgueiro, Leandrinho, Diego(Bota)

Gols:

VASCO: Rafael Vaz, aos 11 minutos do segundo tempo

BOTAFOGO: Leandrinho, aos quatro minutos do segundo tempo

VASCO: Martín Silva, Madson, Luan(Rafael Vaz), Rodrigo e Julio Cesar; Marcelo Mattos, Julio dos Santos(Yago Pikachu), Andrezinho e Nenê; Jorge Henrique e Riascos(Diguinho)

Técnico: Jorginho

BOTAFOGO: Jéfferson, Luis Ricardo, Joel Carli, Emerson Silva e Diogo Barbosa(Diego); Rodrigo Lindoso, Bruno Silva, Gegê e Leandrinho(Neilton); Juan Salgueiro(Luis Henrique) e Ribamar

Técnico: Ricardo Gomes

Fonte: Redação FogãoNET