Botafogo tem o 4º ticket médio mais caro do Brasileiro e a 7ª maior renda

Compartilhe:

Não foi só o “título extra-oficial” do Brasileirão 2013 que o Cruzeiro conquistou este fim de semana. A excepcional bilheteria de R$ 5.231.711,00 na partida diante do Grêmio – sexta maior de todos os tempos – garantiu à Raposa a liderança no acirrado ranking das maiores rendas do torneio, como vemos abaixo:

Material elaborado pelo colaborador Marcos Neves.

Até rodada passada, Cruzeiro e Flamengo estavam rigorosamente empatados, com vantagem mínima para o rubro-negro. Mas o grande público do Mineirão associado ao foco dos cariocas à Copa do Brasil desempatou a disputa. A propósito, mineiros e cariocas são os que mais inflaram seus números em comparação à edição passada. Com o campeonato em andamento, o Cruzeiro já quadruplicou suas receitas de bilheteria, enquanto o Flamengo multiplicou os ganhos por cinco.

Alguns destaques podem ser atribuídos a Bahia – oitavo, à frente de gigantes como Fluminense, Atlético-MG e São Paulo – e Náutico. Mesmo rebaixado há inúmeras rodadas, a exploração da Arena Pernambuco garante ao Timbu o 12º posto. Em contrapartida, clubes de torcida presente como Atlético-PR e Internacional vivem a chaga da falta de estádio próprio. No aguardo da conclusão de suas arenas para 2014, ambos superam apenas a Ponte Preta, ficando atrás da Portuguesa.

Quanto ao ticket médio do campeonato, seguem as análises:

É com surpresa que se verifica o Santos no topo da lista:  R$ 57,04. Mas estamos diante de uma distorção: na 1ª rodada, o Peixe utilizou o Mané Garrincha em partida diante do Flamengo com torcida quase 100% rubro-negra. A bilheteria (R$ 6.948.710,00) representou 72% da renda atribuída ao clube, inflando seu ticket médio. Se desconsiderarmos o confronto, o preço pago pelos santistas cai para R$ 25.

Isto posto, na prática o maior ticket médio pertence ao Flamengo (R$ 52,14), seguido de perto pelo Cruzeiro (R$ 51,17). A diferença entre os extremos é flagrante, com a última colocada (Ponte) cobrando apenas R$ 8,71 por seus jogos. A política de promoções adotada pelo São Paulo faz dele o vice-lanterna, com R$ 13,54.

O material expõe rendas e ticket médios sob a ótica dos mandantes, sendo apenas um dos critérios a serem adotados. O site oficial do Flamengo costuma agregar as receitas totais do campeonato (mandantes + visitantes), enquanto o jornalista Rica Perrone publica estatísticas se utilizando de critérios próprios.

Um grande abraço e saudações!

Fonte: Blog Teoria dos Jogos - Globoesporte.com

Comentários