Botafogo vai procurar a Rede Globo para aparecer mais vezes na televisão aberta

Compartilhe:

Assim como aconteceu no Campeonato Estadual, o presidente doBotafogo , Carlos Eduardo Pereira, vai procurar a direção da TV Globo, detentora dos direitos de transmissão, para ajustar algumas partidas do Botafogo com transmissão da televisão aberta. Disputando a Série B do Campeonato Brasileiro , a direção alvinegra busca uma solução para dar mais visibilidade ao time.

Até a nona rodada, o Botafogo já teve dois jogos transmitidos pela RedeTV (contra CRB e Atlético-GO ) e um pela Globo (contra o Vitória, para Salvador). No entanto, contra o Macaé, a tabela prevê a partida com transmissão em rede aberta. Depois desta rodada, o Botafogo só volta a jogar, pela tabela atual, em um sábado, na última rodada, diante do América-MG , no Rio de Janeiro. As outras partidas estão marcadas para terças e sextas.

“Tenho um bom diálogo com a TV Globo, e o Botafogo é a equipe mais importante disputando essa Série B, pelo menos temos este status, e estamos jogando em alguns horários que a emissora precisa de audiência. De qualquer forma, estamos conversando para melhorar os horários dos nossos jogos”, destacou o presidente alvinegro.

Ao assumir o clube, no dia 26 de novembro de 2014, Carlos Eduardo Pereira sabia que teria um ano de 2015 de muitas dificuldades, com poucas receitas e possibilidades de grandes patrocínios. Por isso, a tentativa de “fatiar” a camisa para as propagandas em jogos importantes, como os clássicos no Estadual.

“Não conseguimos um grande patrocínio pelo momento do País e pela época em que assumimos. Chegamos no fim do ano passado e as empresas  já tinham os orçamentos e planejamentos de marketing prontos para este ano. Nesta temporada, vamos desta forma, a não ser que surja um fato novo, para controlar nosso orçamento”, destacou o mandatário alvinegro.

O estádio Nílton Santos já foi alvo de cobiça de alguns investidores interessados em comprar o nome do estádio, como fez o Palmeiras , com o Alianz Parque. No entanto, a proximidade com os Jogos Olímpicos deve afastar uma negociação até setembro do ano que vem.

“Seria interessante, mas este momento é de entrega para os Jogos e não há como trabalhar como foco. Até o presente momento, o resultado não é bom. Agora, para isso dar certo no Brasil, é importante que as televisões divulguem o nome das empresas”, reclamou Carlos Eduardo Pereira.

Em entrevista exclusiva ao Terra , o presidente alvinegro falou também sobre a volta do futebol profissional à General Severiano, jogos em Caio Martins em 2016, relação com o Fluminense e com o ex-presidente Maurício Assumpção. “Se eu fosse dizer tudo que penso a respeito dele e o que ele fez com o Botafogo, ele não iria gostar de ouvir”. Confira tudo a partir de quinta-feira.



Fonte: Terra
Comentários