Embalado por ter vencido os três últimos jogos, o Botafogo visita o Oeste nesta terça-feira, às 21h50 (de Brasília), no Estádio José Liberatti, pela sétima rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O Glorioso soma 16 pontos e divide a liderança com o Náutico na tabela. Já o representante do interior paulista aparece com sete pontos, em 13º lugar. O time ainda tenta se distanciar da zona de rebaixamento, mas ganhou novo fôlego com o triunfo de 2 a 1 sobre o Boa, em Minas Gerais.

René Simões, técnico do Botafogo, procurou trabalhar o aspecto psicológico dos jogadores para não deixar que a euforia da torcida com a boa campanha possa acabar prejudicando o rendimento dentro de campo. Na visão dele é importante que o time mantenha a “garra” diante dos rivais para continuar conquistando vitórias.

“A Série B é uma competição muito perigosa porque todos os times lutam muito pelo resultado e colocam a garra como grande arma. O Botafogo tem enfrentado dificuldades apesar da liderança e só tem conseguido vencer porque está conseguindo nivelar as coisas na pegada e isso precisa permanecer”, disse René.

Embora em situação bem distinta na tabela, o Oeste já preocupa os botafoguenses pela vitória conquistada na rodada anterior.

“É sempre ruim enfrentar um time que vem de triunfo fora de casa porque o jogador acaba ganhando mais moral nesta situação. É preciso estarmos atentos para não sermos surpreendidos”, observou o goleiro Renan.

Para a partida o Botafogo terá modificações na escalação. O volante Marcelo Mattos e o meia Elvis, preservados contra o Mogi Mirim, reaparecem nas vagas de Camacho e de Lulinha, respectivamente. O volante Willian Arão, que retorna de suspensão, vai ocupar o posto de Roger Carvalho, com Diego Giaretta voltando a atuar como zagueiro ao lado de Renan Fonseca. Mal tecnicamente, o lateral esquerdo Pedro Rosa perde a posição para o lateral direito Luis Ricardo, que jogará improvisado no setor.

Pelo lado do Oeste, o técnico Roberto Cavalo quer ver sua equipe tentando jogar de igual para igual com o Botafogo, sem se intimidar com a grandeza do rival.

“Não podemos nos intimidar com o Botafogo. Temos respeito pelo adversário, mas não podemos temer ninguém. Neste tipo de jogo é importante uma atitude vencedora”, disse Cavalo, que já defendeu o Botafogo quando jogador, embora não tenha feito grande sucesso com a camisa do rival.

O treinador do Oeste não quis antecipar a escalação que pretende mandar a campo. No entanto, o pouco tempo de treino e o bom aproveitamento do time diante do Boa devem resultar na repetição da escalação da rodada passada.

FICHA TÉCNICA:
OESTE-SP X BOTAFOGO-RJ

Local: Estádio José Liberatti, em Osasco (SP)
Data: 9 de junho de 2015, terça-feira
Horário: 21h50(de Brasília)
Árbitro: Rafael Traci (PR)
Assistentes: Luciano Roggenbaum (PR) e Diego Grubba Schitkovski (PR)

OESTE: Leandro Santos, Douglas Marques, Halisson, Ligger e Fernandinho; Dionísio, Leandro Mello, Wangler e Wagninho; Mazinho e Junior Negão
Técnico: Roberto Cavalo

BOTAFOGO: Renan, Gilberto, Renan Fonseca, Diego Giaretta e Luis Ricardo; Marcelo Mattos, Willian Arão, Daniel Carvalho e Elvis; Rodrigo Pimpão e Bill
Técnico: René Simões

Fonte: ESPN.com.br