O projeto encomendado pelos irmãos Moreira Salles está saindo do papel e tem previsão para ser iniciado em 2020. Para isso, no entanto, o Botafogo deve se manter na elite do futebol nacional. O problema é que o ano de 2019 tem sido muito complicado financeiramente.

Neste cenário, torcedores ilustres decidiram bancar alguns reforços e manter salários em dia até dezembro, espantando qualquer chance de fracasso com a parceria dos Moreira Salles. Blandi e Aimar estavam nesse pacote, mas agora os atletas terão que vir do mercado nacional após a janela de transferências internacionais terem fechado.

Fonte: UOL