Pode-se dizer que o Botafogo saiu no lucro. Em jogo fraco, o Glorioso segurou o empate em 0 a 0 com o Ceará na noite desta segunda-feira, no Castelão, no encerramento da 29ª rodada do Campeonato Brasileiro, e manteve a distância de quatro pontos para a zona de rebaixamento, na 12ª colocação, com 35. O Vozão perdeu um pênalti, teve um gol bem anulado e ainda parou no goleiro Saulo. De bom, a sequência do Fogão de cinco partidas sem perder na competição.

Com uma equipe bastante modificada – Luis Ricardo, Gilson e Rodrigo Pimpão foram as novidades, pelos mais variados motivos -, o Botafogo fez um primeiro tempo pavoroso. Sem conseguir chegar à frente, assistiu apenas ao Ceará atacar. A defesa teve muito trabalho com a velocidade dos homens de frente do Vozão, que poderia ter ido para o intervalo em vantagem.

Aos 29 minutos, Igor Rabello saiu jogando errado – numa das várias pixotadas do sistema defensivo -, Juninho Quixadá pegou a sobra e foi derrubado de forma clara por Rodrigo Lindoso dentro da área. Na cobrança do pênalti, Arthur fez firula na corrida para a bola e acabou tirando de mais do gol, chutando para fora. Sentimento de alívio dos torcedores botafoguenses.

O primeiro ataque realmente perigoso do Botafogo saiu apenas no primeiro minuto do segundo tempo: Rodrigo Pimpão cruzou da esquerda, Kieza não conseguiu desviar de cabeça e o goleiro Everson se esticou todo para defender no cantinho. De fato, o Glorioso voltou melhor para a etapa final, conseguindo trocar mais passes e equilibrar o jogo contra o time da casa.

Mas o Botafogo levou um susto daqueles aos 20 minutos: Luis Ricardo saiu jogando errado pela direita, o Ceará saiu em velocidade e Juninho Quixadá desviou para o gol, mas o auxiliar Danilo Simon Manis – corretamente – invalidou o lance, apontando impedimento. Aos 30, brilhou a estrela de Saulo: o goleiro fez uma defesaça em cabeçada de Ricardo Bueno.

Os minutos finais foram de pressão cearense. Mas o Botafogo conseguiu sair no lucro do Castelão, com um ponto na bagagem.

PRÓXIMOS JOGOS

O Botafogo volta a campo no próximo sábado para receber o Bahia, em casa, no Estádio Nilton Santos, às 16h, em mais um confronto direto na luta para se afastar da zona de rebaixamento. Depois, na sequência, visita o Atlético-PR, dia 27, às 21h, na Arena da Baixada.

FICHA TÉCNICA
CEARÁ 0 X 0 BOTAFOGO

Estádio: Arena Castelão
Data-Hora: 15/10/2018 – 20h
Árbitro: Raphael Claus (Fifa/SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (Fifa/SP) e Rogerio Pablos Zanardo (SP)
Renda e público: Não divulgados
Cartões amarelos: Tiago Alves (CEA); Matheus Fernandes, Rodrigo Pimpão e Carli (BOT)
Cartões vermelhos:
Gols:

CEARÁ: Everson; Samuel Xavier, Tiago Alves, Eduardo Brock e Felipe Jonatan; Edinho, Richardson, Calyson e Juninho Quixadá (Pedro Ken 38’/2ºT); Felipe Azevedo (Ricardinho 25’/2ºT) e Arthur (Ricardo Bueno 25’/2ºT) – Técnico: Lisca.

BOTAFOGO: Saulo; Luis Ricardo, Carli, Igor Rabello e Gilson (Moisés 41’/2ºT); Matheus Fernandes (Marcelo Benevenuto – Intervalo), Rodrigo Lindoso e Gustavo Bochecha (Erik 14’/2ºT); Rodrigo Pimpão, Luiz Fernando e Kieza – Técnico: Zé Ricardo.

Fonte: Redação FogãoNET