Se alguém estava com insônia neste sábado à noite, depois de ver esse jogo vai conseguir dormir tranquilo. O Botafogo mais uma vez teve uma atuação burocrática e ficou no empate em 0 a 0 com o Ceará, no Castelão, no último jogo das duas equipes no primeiro turno do Campeonato Brasileiro. O Fogão está em nono, com 27 pontos, mas pode ser ultrapassado por Athletico-PR e Grêmio neste domingo.

O Botafogo teve apenas uma finalização no primeiro tempo, contra 14 do Ceará. Apesar de valorizar bem a posse de bola, o Glorioso voltou a encontrar dificuldades para criar e cometeu muitos erros no último terço do campo, na hora do passe mais forçado. A melhor chance do time da casa saiu aos nove minutos, em chute de Felippe Cardoso que Gatito Fernández, de volta à equipe, espalmou para escanteio.

O panorama do jogo não mudou na etapa final. A primeira finalização do Botafogo foi apenas aos 26 minutos, num chute de fora da área de Leo Valencia por cima. Antes disso, Gatito já havia salvado o Fogão outra vez, numa defesa à queima-roupa aos 12 minutos em chute de Felippe Cardoso. O Vozão aumentou a pressão no final, mas o Botafogo segurou o pontinho no Nordeste do país.

Próximos jogos

O Botafogo abre o returno do Campeonato Brasileiro no próximo sábado para enfrentar o São Paulo, às 11h, no Estádio Nilton Santos. Depois, viaja para encarar o Bahia na quarta-feira seguinte, dia 25, às 21h30, na Arena Fonte Nova.

FICHA TÉCNICA
CEARÁ 0 X 0 BOTAFOGO

Estádio: Castelão
Data/Hora: 14/09/2019 – 21h
Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira (Fifa/SP)
Assistentes: Marcelo Van Gasse (Fifa/SP) e Miguel Cataneo Ribeiro (SP)
VAR: Vinicius Furlan (SP), Thiago Duarte Peixoto (SP) e Anderson José Coelho (SP)
Renda e público: R$ 263,650,00 / 20.260 pagantes / 20.906 presentes
Cartões amarelos: Samuel Xavier (CEA); João Paulo (BOT)
Cartões vermelhos:
Gols:

CEARÁ: Diogo Silva; Samuel Xavier, Valdo, Tiago Alves e João Lucas; Fabinho, Ricardinho e Thiago Galhardo; Lima (Felipe Baixola 20’/2ºT), Felippe Cardoso (Bergson 37’/2ºT) e Leandro Carvalho (Wescley 30’/2ºT) – Técnico: Enderson Moreira.

BOTAFOGO: Gatito Fernández; Fernando, Marcelo Benevenuto, Gabriel e Lucas Barros (Gustavo Bochecha 40’/2ºT); Cícero, João Paulo e Alex Santana (Leo Valencia 10’/2ºT); Marcinho, Diego Souza e Luiz Fernando (Rodrigo Pimpão 27’/2ºT) – Técnico: Eduardo Barroca.

Fonte: Redação FogãoNET