Jair Ventura evitou fazer críticas duras a defesa do Botafogo após a goleada sofrida para o Cruzeiro por 5 a 2, na noite da última quinta-feira, no primeiro jogo das oitavas de final da Copa do Brasil. Mas o treinador alvinegro prepara mudanças no time.

Isso porque o setor defensivo falhou em pelo menos três tentos cruzeirenses, na Arena Botafogo, na Ilha do Governador. Após o time marcar o primeiro gol, Renan Fonseca cometeu um pênalti infantil e permitiu o empate ao rival. O segundo tento do adversário foi marcado contra por Emerson Santos, ao cabecear contra o próprio arco. Por fim, no último gol, Renan Fonseca e Emerson Santos bateram cabeças, atrapalhando inclusive o goleiro Sidão.

“Não foi apenas a defesa que perdeu. Todo mundo aqui perdeu. Quando o time perde, todos perdem e quando ganha, todos ganham. Foi um placar atípico, algo que fugiu da normalidade. Temos agora que projetar a sequência do trabalho”, disse Jair.

As mudanças no time não foram citadas por Ventura durante a entrevista coletiva, mas devem aparecer já neste domingo, diante do Grêmio na Arena Botafogo, em jogo válido pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O zagueiro argentino Joel Carli, que está na reserva, pode ganhar uma oportunidade entre os titulares, compondo o setor com Emerson Santos e revivendo a dupla que jogou o Campeonato Carioca. Assim, Renan Fonseca ficaria como opção no banco.

Outra mudança será a entrada do lateral esquerdo Victor Luís na vaga de Diogo Barbosa, que vai cumprir suspensão por ter sido advertido com o terceiro cartão amarelo na derrota por 1 a 0 para o Atlético-PR. O restante será definido no treino deste sábado.

Fonte: ESPN.com.br