Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Série B

17/06/21 às 19:00 - Do Café

Escudo Londrina
LON

X

Escudo Botafogo
BOT

Série B

13/06/21 às 16:00 - Raulino de Oliveira

Escudo Botafogo
BOT

3

X

0

Escudo Remo
REM
Ler a crônica

Série B

05/06/21 às 21:00 - Nilton Santos

Escudo Botafogo
BOT

2

X

0

Escudo Coritiba
CTB

Com ex-diretor de MKT, ‘Grande Salto’ apresenta projeto e será oposição no Bota

0 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Pouco mais de 100 sócios proprietários, com direito a voto, atenderam ao chamado e compareceram a sede de General Severiano para o lançamento oficial da chapa “Grande Salto”. O projeto do grupo foi apresentado durante o encontro, onde foi comunicada também a decisão de participarem da eleição alvinegra em novembro de 2014.

“Decidimos lançar uma chapa logo depois da Copa e participar ativamente do pleito alvinegro em novembro de 2014. Nossa mobilização começou ainda em 2013. Foram varias reuniões de trabalho e agora queremos ampliar ainda mais o nosso fórum. O trabalho de verdade começa agora”,  afirmou Marcelo Guimarães, ex-diretor de marketing do clube e virtual candidato do grupo.

Durante o encontro, realizado na sede do clube, foi exibido um vídeo que apresenta a visão do grupo sobre vários temas, como futebol, base, Engenhão, dívida atual e etc.

“A ênfase está em uma abordagem profissional relacionada ao desafio de modernizar o clube, e no futebol, principal razão de ser do Botafogo”, disse Edson Santana, diretor de Futebol do título Brasileiro de 1995 e integrante do “Grande Salto”.

O grupo conta a partir de agora com presença nas redes sociais [O Grande Salto, no Facebook] e sinaliza com um grande encontro de botafoguenses para depois da Copa do Mundo, em julho.

Além do “Grande Salto”, o “Movimento Carlito Rocha”, com o candidato Vinícius Assumpção, e o “Unidos Pelo Botafogo”, liderado por Mantuano, já maracaram presença nas próximas eleições. Já a situação espera a formação de um grupo formado por Carlos Augusto Montenegro para declarar apoio. O nome que o ex-presidente quer no comando é de Durcésio Mello, que ainda não confirmou candidatura.

Notícias relacionadas
Comentários