O cantor Agnaldo Timóteo chegou para votar nesta terça-feira em General Severiano, mas passou por uma situação inusitada ao chegar no local: o cantor foi barrado por não estar com a carteira do clube em dia. Depois de conversas, ele foi liberado e entrou bradando contra todos os candidatos à presidência do Botafogo.

“Não tenho candidato. Na pior das hipóteses o presidente tem que ter prestígio, para poder comprar, vender jogador, para melhorar situação do clube. E eu não vejo isso aqui”, ressaltou Agnaldo.

Perguntado sobre a desastrosa fase do Alvinegro, que está prestes a ser rebaixado para à Série B pela segunda vez em sua história, o cantor foi curto e grosso: “Vai ser desastroso!”.

Após dar de cara com Carlos Alberto Torres, Agnaldo Timóteo afirmou que apoiará o candidato no qual o ex-capitão votará. No caso, Carlos Eduardo Pereira da Chapa Ouro.

Fonte: O Dia Online