A manhã desta quarta-feira foi produtiva para Ricardo Gomes. O técnico preparou um esboço do Botafogo que irá entrar em campo para o segundo e decisivo confronto contra o Vasco no próximo domingo, pela grande final do Campeonato Carioca. O que chamou a atenção foi o fato da escolha por Emerson Silva à frente de Renan Fonseca para completar o miolo de zaga ao lado de Joel Carli. Com dores musculares, Gegê, que se encontra em sua última semana de contrato, foi poupado, mas já está confirmado nas atividades de amanhã. Fernandes foi escalado em seu lugar. Aírton treinou normalmente.

Ao longo do treino, RC testou uma equipe com três atacantes, opção viável caso o Bota necessite de gols para levantar o troféu. De início, o time titular teve Jefferson; Luis Ricardo, Joel Carli, Emerson Silva e Diogo Barbosa; Rodrigo Lindoso, Bruno Silva, Fernandes e Leandrinho; Salgueiro e Ribamar. Depois, Neílton e Luis Enrique entraram nos lugar de Leandrinho e Salgueiro, quando o comandante posicionou a equipe em um 4-3-3. Os reservas tiveram Helton Leite, Diego, Renan Fonseca e Jean; Airton, Marcinho, Gervasio “Yaca” Núñez e Lizio; Neilton e Luís Henrique.

Quem apareceu no treino foi Victor Luís, que realizou um trabalho com bola. Marquinho também esteve em General Severiano, acompanhado de seu empresário, José Lucas Gonçalves. Os novos alvinegros realizaram exames médicos. Além da dupla, o Botafogo já contratou os atacantes Anderson Aquino, que estava no Linense, e Geovane Maranhão, que disputou o estadual pelo Madureira.

Depois da derrota na ida por 1 a 0, o Botafogo precisa vencer o Vasco por dois ou mais gols de diferença para conquistar seu 21º título estadual. Em caso de vitória por um gol de diferença, a final será decidida nos pênaltis. O empate dá o título ao Vasco. A partida será às 16h, no Maracanã.

Fonte: Site da Rádio Tupi