O goleiro Gatito Fernández quebrou o silêncio e concedeu entrevista nesta sexta-feira, no Estádio Nilton Santos. Sem atuar desde abril, o paraguaio se emocionou e chegou a chorar durante a coletiva, por querer voltar a jogar e não conseguir por conta das dores no punho direito.

Fonte: Redação FogãoNET e Twitter do Lazlo Dalfovo (Lancenet!)