O Genoa quer dividir em quatro anos o pagamento de € 4,5 milhões (cerca de R$ 20 milhões) ao Botafogo pela compra do volante Matheus Fernandes. Esse pedido está travando a negociação, e o que antes era dado como certo agora ficou indefinido, segundo o site Globoesporte.com.

A notícia da proposta do Genoa foi dada em primeira mão pelo Boletim do C.E., do FOGÃONET. Com dificuldades financeiras, o Botafogo não concordou com a forma de pagamento proposta pelos italianos e quer no máximo duas parelas em 24 meses. As partes tentam um acordo antes da abertura da janela europeia, em janeiro.

Ainda de acordo com o Globoesporte.com, há também a possibilidade de Matheus Fernandes ser vendido, mas continuar no Botafogo até julho. Isso porque o Genoa já atingiu o limite de jogadores estrangeiros sem passaporte italiano permitido no campeonato local – entre eles está o brasileiro Sandro, ex-Internacional.

Matheus Fernandes tem contrato com o Botafogo até dezembro de 2020 e multa rescisória de R$ 100 milhões, para o Brasil, e US$ 40 milhões (cerca de R$ 131 milhões), para o exterior. Recentemente, o jornal turco “Fotomaç” noticiou o interesse do Fenerbahçe pelo volante, mas nada oficial chegou ainda ao Alvinegro.

Fonte: Globoesporte.com