Gottardo: ‘A torcida do Botafogo tem jogado mais que o time. Tem dado exemplo’

Compartilhe:

Em entrevista ao Blog do Torcedor, do site “Globoesporte.com”, o diretor técnico Wilson Gottardo parabenizou a torcida do Botafogo pela postura e disse até que ela tem jogado mais que o time.

– Nossa torcida tem dado um grande exemplo, tem jogado com o time, ÀS VEZES TEM JOGADO MAIS DO QUE TIME, com seu apoio e cânticos tem puxado o time para frente. Agora a coisa mais fácil seria criticar e vaiar, abandonar o clube. Se você tem a oportunidade de comparecer aos jogos, vá, ajude os atletas, passe confiança, cobre, mas deixe para fazer estas cobranças após o jogo, mesmo se houver a vitória. É o melhor momento para essa cobrança, desde que ela seja verbal e não física. Mas fazer um manifesto com respeito, todos possuem este direito – afirmou Gottardo.

Confira outros trechos:

– Revelação de jogadores

Hoje as concepções de treinamentos da base em geral, estão matando um pouco os jogadores talentosos. Hoje existe uma idéia fixa de que o trabalho tem que ser sistêmico e tático. Isso está matando o jogador talentoso. Hoje na base do Botafogo, não existe esse jogador talentoso, para você falar: esse é bom, esse é diferente. Raramente você vai encontrar este jogador. Nós temos que voltar a ter uma boa observação, fazer um bom trabalho analítico. Criar nos treinamentos meios para os atletas criarem jogadas e não sentirem pânico nas adversidades. Quanto mais tecnologia e mais conhecimento temos, menos talento aparece.”

– Trabalho a longo prazo

O convite do Mauricio Assumpção foi até dezembro de 2015. Ele já conhecia minha forma de ser, minha relação com as pessoas que estão no Botafogo, e por isso ofereceu esse período de contrato. Mas também não vejo problema, se o candidato eleito não quiser meu trabalho, não posso ficar em um local onde presidente e diretor não me queiram. Estou tranqüilo sobre isso, estou vivendo semana a semana. Aconteceram muitas coisas que eu ainda não consegui ver nenhum jogo do sub 20 ao vivo, apenas por vídeo. Quero muito acompanhar a OPG, onde fomos campeões ano passado, temos uma equipe muito forte taticamente. Preciso avaliar os atletas e saber com quais podemos contar na próxima temporada. Eu não descarto de maneira alguma nosso trabalho de base, que é muito importante para o Botafogo. Precisamos reestruturar algumas situações na base, precisamos ter o domínio dos direitos federativos e econômicos de nossos atletas da base.”

– Contrato de Jefferson

“Ainda é cedo para ter esta conversa. Temos problemas mais graves e relevantes nesse momento. Jefferson será um problema ou não a partir do mês de junho ou julho do ano que vem. Sua história é belíssima dentro do Botafogo, tem todo meu respeito. Temos que esperar o nosso orçamento ser definido, somente baseado nisso podemos sentar com ele.”

A entrevista toda com a o diretor foi disponibilizada:



Fonte: Redação FogãoNET

Comentários