Após ser substituído por Gegê aos 12 minutos do segundo tempo, o atacante Henrique deixou o gramado do Moacyrzão irritado. Prova disso foi o fato de o camisa 11 ter dado um soco no banco de reservas após passar pelo técnico Eduardo Hungaro.

O comandante alvinegro se mostrou surpreso com a atitude no momento e olhou para o atacante com ar de reprovação. Entretanto, após a partida, já na entrevista coletiva concedida para a imprensa, Hungaro minimizou a situação:

– Ele ficou chateado com o rendimento na partida. Me cumprimentou e não acho que foi um comportamente pela substituição. Ele esperava jogar melhor do que jogou. O Henrique foi o único a fazer os quatro jogos, sentiu fisicamente esse acúmulo de jogos e preferi tirá-lo de campo.

Vale lembrar que na quinta-feira, quando Sassá saiu irritado após ter ficado apenas 20 minutos em campo e ter sido substituído por Hungaro, Henrique foi quem o consolou no banco de reservas.

Fonte: Lance!