Henrique usa brecha após ‘bate-volta’ no Real e deve jogar

Compartilhe:

Henrique foi contratado no início do ano como a principal esperança de gols do Botafogo. Após quase nove meses sem destaque, sendo a última opção em sua posição, ele foi negociado com o Real Madrid B, que não conseguiu concretizar sua chegada devido a problemas na documentação. Assim o atacante retornou ao Alvinegro e usa uma brecha no setor para ganhar vaga de titular da equipe contra o Fluminense, nesta quarta-feira, às 21h, no Maracanã.

Sem poder contar com o suspenso Hyuri e o lesionado Elias, Rafael Marques deverá ser recuado para o meio de campo e abrir uma vaga no ataque. Bruno Mendes está parado desde o dia 9 de junho, quando atuou diante da Ponte Preta, e não retorna ainda.

Alex, por sua vez, não teve bom desempenho nas chances que recebeu desde que retornou dos Emirados Árabes. Assim, Henrique deverá ser o escolhido pelo técnico Oswaldo de Oliveira para iniciar a partida contra o Fluminense.

Após a derrota para a Ponte Preta, no último sábado, o treinador do Botafogo disse que esperaria até a última hora para definir o substituto de Hyuri. Nesta terça-feira, ele promoveu um treinamento que teve a segunda parte fechada para a imprensa, quando testou as opções para escalar sua equipe.

“Ainda não sei o que vou fazer, sinceramente. Vou analisar cada peça, ver o que terei a disposição para depois decidir”, disse na oportunidade sem dar qualquer tipo de pista.

Henrique tem tido mais oportunidades do que o usual desde que chegou ao Botafogo. Ele entrou em sete dos últimos nove jogos do Alvinegro e, com isso, quase dobrou seu número de apresentações pelo time de General Severiano – são 16 no total.

Após surgir como promessa no São Paulo, Henrique se destacou na seleção brasileira sub-20 em 2011, quando foi o artilheiro e melhor jogador da Copa do Mundo da categoria. Sem chances no Tricolor, o atacante passou por Granada-ESP e Sport, mas sem grande desempenho. No Botafogo a história se repete, mas o jogador terá uma oportunidade para dar a volta por cima.

E Henrique terá, juntamente com os demais atletas, uma grande responsabilidade nesta quarta-feira. Isso porque o Botafogo encara o Fluminense vindo de três derrotas consecutivas no Brasileiro. O Alvinegro perdeu a vice-liderança para o Grêmio, que tem os mesmos 42 pontos, mas com saldo de gols superior.

Fonte: UOL

Comentários