Em manifestação contra os salários atrasados no Botafogo, os jogadores protestaram sábado e cancelaram o treino deste domingo, às vésperas de enfrentar o Unión Española (CHI), pela Libertadores. O técnico Eduardo Hungaro se posicionou ao lado do time e disse confiar nos atletas.

– É uma situação que já aconteceu ano passado e esse grupo já deu demonstrações inequívocas de que podemos ter certeza que a motivação vai estar em dia quarta. Eles têm consciência da importãncia da vitória. É um problema sério, a reivindicação é justa, contam com meu apoio como treinador, mas é um grupo que sabe dar resposta sempre muito boa – afirmou ao Fox Sports.

Hungaro eximiu a diretoria de culpa.

– O presidente foi muito claro, há um bloqueio de toda a verba. A direção tem tentado todas as ações para resolver e os jogadores reivindicam algo justo, pois trabalharam e têm que receber – ponderou.

Fonte: Redação FogãoNET