Após desistir de Forlán, o Botafogo voltou suas atenções para a contratação de Pablo Zeballos. O atacante pertence ao Krylya Sovetov Samara-RUS e quer defender o Alvinegro em 2014. Porém, o clube russo quer uma compensação financeira de US$ 1,2 milhão (aproximadamente R$ 2,8 milhões). Sem dinheiro, a diretoria de General Severiano terá um importante aliado para fechar a contratação.

Um grupo de investidores quer comprar os direitos econômicos de Zeballos, assinar com um clube de empresários e emprestar ao Botafogo por um período de três anos. O temo de contrato se deve ao ‘tempo de vitrine’, para que o atleta consiga se valorizar e seja revendido.  Essa é a única solução para o jogador chegar a General Severiano, já que a diretoria descarta gastar dinheiro além do salário, que seria em torno de R$ 100 mil.

Inicialmente, o jogador se recusou a se reapresentar para a pré-temporada do Krylya Sovetov Samara. Porém, o desfecho da negociação não ocorreu tão rápido quanto ele esperava e Zeballos será reintegrado ao elenco nesta segunda-feira. Porém, a expectativa do empresário que representa o grupo de investidor, Audinei Azevedo, é que o atacante chegue ao Botafogo até sexta-feira.

“Estamos tentando viabilizar a chegada do Zeballos até esta sexta-feira. Existe a possibilidade do jogador Edson Sitta, do Paraná, ser envolvido na negociação, o que abateria o preço final. Dinheiro não será problema. Ele vai se apresentar na segunda, mas queremos resolver tudo até sexta. Falei com ele e está otimista em jogar pelo Botafogo. É o que ele quer”, disse Audinei Azevedo, ao UOL Esporte.

Com a chegada de Zeballos, o Botafogo fecha o elenco para a disputa da Libertadores e fica à espera da definição da saída de Rafael Marques, que recebeu proposta de R$ 14 milhões do Henan Jianye-CHI e deve deixar o Alvinegro, que ficaria com metade do valor. Mesmo com a ausência de Seedorf, a diretoria não deverá fazer uma grande contratação.

Fonte: UOL