Foram 29 finalizações a gol, 47 cruzamentos e 67% de posse de bola. Mas o Botafogo acabou derrotado pelo então lanterna Avaí por 2 a 0, dentro do Estádio Nilton Santos, na noite desta segunda-feira, perdendo a oportunidade de assumir a terceira colocação do Campeonato Brasileiro. O técnico Jair Ventura defendeu a atuação do time utilizando os números para explicar, segundo ele, a superioridade alvinegra em campo.

– A bola não quis entrar… Como vou reclamar dos jogadores que tiveram 29 finalizações, 67% de posse? Foi ataque contra a defesa, mas o Avaí foi mais efetivo e ganhou. Hoje nós tivemos, acho, nosso maior número de finalizações. O mais próximo tinha sido 18 oportunidades, contra o Barcelona-EQU, e também perdemos por 2 a 0. É o futebol. Não vou avaliar uma situação que não é verdadeira. Vou avaliar a performance. Queria alguém vir falar que a performance foi ruim hoje. Gosto de discutir futebol. Difícil falar que um time que teve 29 finalizações foi mal. Ficamos tristes, mas são coisas do futebol – afirmou Jair na entrevista coletiva.

– Se tivesse mais 10 dias, a bola não ia entrar. Tem dia que é noite… No caso de hoje, tem noite que é dia… A gente sente. Ah, você é pessimista? Não. A bola não quis entrar… Não poso reclamar da performance, posso reclamar do resultado, foi péssimo jogando em casa. É passar uma borracha e seguir em frente – completou.

Fonte: Redação FogãoNET