O técnico Jair Ventura chegou a pensar em poupar alguns titulares no confronto com a Ponte Preta, mas decidiu escalar a equipe principal, porque considerou importante começar a somar pontos no Campeonato Brasileiro. Na entrevista coletiva, o técnico alvinegro disse que era importante desligar a chave da Libertadores para se concentrar na competição nacional e exaltou a vitória por 2 a 0.

“Mostrei para os jogadores a importância de não deixar para correr atrás no final. Soubemos fazer isso”, declarou o comandante do Glorioso.

Pela Liberta, o Botafogo volta a jogar nesta quinta-feira, diante do Estudiantes, na Argentina, e Jair admite a possibilidade de poupar os titulares mais desgastados, mesmo sabendo que a partida valerá o primeiro lugar do grupo. Rodrigo Pimpão já está fora porque vai cumprir suspensão e outros também serão avaliados.

“A gente vai sem o peso da obrigatoriedade da classificação, mas vai buscar o primeiro lugar, mesmo que a equipe seja modificada”, avisou.

O técnico do Botafogo também explicou porque manteve o zagueiro Igor Rabello e o volante Rodrigo Lindoso na equipe, mesmo podendo contar com Emerson Silva e Airto,n que não atuaram diante do Atlético Nacional. Diante dos atuais campeões sul-americanos, o Glorioso se saiu bem e venceu por 1 a 0.

“Aqueles que estiverem no melhor momento vão jogar”, destacou.

Fonte: Gazeta Esportiva