Jogadores se frustram e não entendem torcida não ir

Compartilhe:

O clássico com o Flamengo, domingo, no Maracanã, não deixou os jogadores do Botafogo frutrados apenas pelo empate sofrido aos 49 minutos do segundo tempo. A torcida compareceu em pouco número e a esperança é de que, quinta-feira, contra o Vitória, ela vá ao primeiro jogo do clube como mandante no estádio para apoiar o time.

O Botafogo está na terceira colocação no Campeonato Brasileiro, com 17 pontos, um a menos do que o líder Cruzeiro. Além disso, o time vem da conquista do título carioca e com a vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil garantida.

– Esse jogo ainda foi com mando de campo do Flamengo, com a torcida rival em maior número. Até quando sofreram o gol apoiaram ainda mais o time ao invés de vaiar. Isso faz diferença. Espero que nossa torcida compareça na quinta-feira. A gente até não entende porque não estão indo e sabe como é bom escutar o apoio dos torcedores – comentou Rafael Marques, autor do gol do Botafogo contra o Flamengo.

Assim como o atacante, outros sete jogadores estrearam no Maracanã, incluindo o lateral-esquerdo Lima, que entrou no segundo tempo do clássico. Como estádio, aprovado e agora o time terá dois jogos seguidos lá. Além do confronto com o Vitória, disputará o clássico com o Vasco, domingo.

– Está muito bonito lá. Foi um sonho de criança. Pena que não conseguimos a vitória e lutamos até o fim. É um momento que será guardado na memória. Vou levar para o resto da vida – comentou o volante Gabriel, de 21 anos.

Antes do confronto com o Flamengo, do time titular, apenas o goleiro Jefferson, o zagueiro Bolívar, o lateral-esquerdo Julio Cesar e o volante Marcelo Mattos haviam jogado no estádio. Renato e Antônio Carlos, que entraram no segundo tempo, não eram estreantes.



Fonte: Globoesporte.com
Comentários