O atacante Zeballos tem estrela e personalidade forte. No clássico deste domingo, contra o Fluminense, quando o paraguaio ia ser substituído por Rogério, já no segundo tempo, ele resolveu decidir o jogo, com o passe para o gol de Daniel e a conclusão do segundo gol, que decretou a vitória por 2 a 0 em Brasília. O técnico Vagner Mancini conta a história:

– Ele estava perdendo algumas bolas, e sempre que você vê seu meio-campo perdendo bolas sabe que vai estourar lá atrás. Falei com ele no jogo, ele disse que estava bem fisicamente. Chamei o Rogério para conversar, a substituição aconteceria depois de uns cinco minutos, aí ele perdeu outra bola e o técnico aí fica refém de uma situação momentânea. Acabou que logo depois ele deu o passe para o gol do Daniel, olhou para mim achando que iria sair. Eu fui jogador e sei disso, os jogadores têm a impressão de que não estão bem e podem sair. Aí ele me pediu um tempo maior, falou: “Me deixa mais um pouco que vou resolver a partida”, alguns minutos depois ele foi e fez o gol. Essa relação com os atletas ajuda muitas vezes, assim como na última substituição iria sair o Ramírez, mas o Airton veio correndo e me falou que o Junior César não aguentava mais.

Fonte: Redação FogãoNET