Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Carioca

25/04/21 às 18:00 - Nilton Santos

Escudo Botafogo
BOT

X

Escudo Macaé
MAC

Carioca

17/04/21 às 16:00 - Maracanã

Escudo Fluminense
FLU

1

X

0

Escudo Botafogo
BOT

Copa do Brasil

14/04/21 às 21:30 - Frasqueirão

Escudo ABC
ABC

1

X

1

Escudo Botafogo
BOT

Marcelo Mattos não quer enfrentar o Vasco, pensa na Libertadores e chama torcida

0 comentários

Compartilhe

Enquanto a dúvida quanto a equipe do Botafogo persistem para o clássico contra o Vasco, o volante Marcelo Mattos é claro: deseja jogar contra o Deportivo Quito (EQU), na próxima quarta-feira, pela Libertadores. Pregando respeito ao rival de domingo, pela quinta rodada do Campeonato Carioca, o jogador afirmou que a partida de volta diante dos equatorianos, é o “jogo do ano” para os botafoguenses, e, que, por isso mesmo, todos os esforços devem estar voltados para ele.

– Meu sonho é colocar o Botafogo na Libertadores, estou vivendo esse jogo de quarta-feira. Todo o trabalho e dificuldade que passamos em 2013, está resumido no jogo. Vamos querer vencer o Vasco, respeitamos, mas nossa equipe pensa na quarta. Temos o jogo mais importante do ano, tudo que fizemos em 2013 vai se resumir nesta quarta-feira. Se o estádio estiver cheio, o torcedor comparecer, já vai tirar essa diferença de 1 a 0 – garantiu Marcelo, em entrevista coletiva concedida nesta sexta-feira, no Engenhão.

Mesmo perdendo por 1 a 0 no jogo de ida, Marcelo disse estar confiante na classificação à fase de grupos. Para se classificar, o Botafogo precisa vencer por dois ou mais gols de diferença. Para o volante, o time pode alcançar este objetivo, se jogar um bom futebol e também tiver o apoio do torcedor. Ele, que no ano passado chegou a ser vaiado, pede que que tudo seja esquecido em busca de um objetivo maior para o clube.

– É normal ter cobrança da torcida, já me acostumei. Mas temos que esquecer tudo isso agota, espero ver muita gente no Maracanã, estádio cheio. Isso para nós tem uma mudança muito rápido. É energia boa. Há muito tempo que o Botafogo não disputa a Libertadores e esta composição campo (jogadores) e torcida vai ser muito importante – disse.

Comentários