Maurício Assumpção deixou o cargo de presidente do Botafogo de baixo de uma chuva de críticas e reclamações. Mesmo tendo levado o Glorioso à Libertadores, o ex-dirigente deixou o clube com um rebaixamento.

Quem fez parte desta passagem de Assumpção foi Clarence Seedorf, contratado em junho de 2012. O craque ficou até dezembro do ano passado, mas o ex-presidente afirma que o holandês tem planos de ser treinador do time de General Severiano.

“Eu tenho notícias de que ele tem muita vontade de vir treinar o Botafogo”, revelou Assumpção à Rádio Globo.

O novo presidente do Botafogo, Carlos Eduardo Pereira, reclamou do ‘projeto Seedorf’. Assumpção se defendeu das críticas.

“A gente precisava de um camisa 10, um craque de renome, e o Seedorf valeu cada centavo que a gente investiu. O principal motivo foi a qualidade que ele deu ao time principal e o conforto que ele deu aos meninos que foram saindo do time da base e chegando ao profissional”, concluiu.

Fonte: O Dia Online e Rádio Globo