Depois de negociar com Botafogo para uma possível transferência de Alex, o Inter decidiu que dará mais uma chance ao meia. Mais por falta de opções no mercado nacional do que exatamente por necessidades de elenco. Como o Inter teria que pagar metade de seus vencimentos, caso ele fosse para o Botafogo, a direção desistiu de emprestá-lo.

O camisa 12, a pedido de Argel, viajou para Santos com o grupo. Foi aposta do treinador colorado na Vila Belmiro e, em uma cobrança de escanteio, achou Aylon, que garantiu o gol e os três pontos sobre a equipe de Dorival Junior.

Recentemente, Alex envolveu-se em duas polêmicas. Depois de ficar quase um mês no ostracismo, sem ser aproveitado, o meia esteve em campo diante do São Paulo, no Morumbi. O Inter ganhava de 1 a 0 quando o jogador fez a falta – e acabou expulso – próximo à área adversária, iniciando a jogada que gerou o empate do time de Bauza. Sasha fez o segundo minutos depois e garantiu a vitória fora de casa. Declarações de Argel sobre a “expulsão boba” de Alex gerou um desconforto. O meia, dias depois, publicou em seu Instagram uma mensagem em que dizia “elogie em público, critique em particular”.  Em seguida, desmentiu que a postagem fosse para Argel.

A direção, então, havia decidido que negociá-lo seria a melhor saída, já que não havia mais clima para mantê-lo no vestiário. A proposta do Botafogo, no entanto, não agradou. Alex iria por empréstimo e o Inter pagaria a metade do salário, o que parece não ter agradado.

Seguindo a proposta de Argel desde que assumiu o comando do time, Alex deve ganhar mais chances por conta de sua boa atuação na Vila Belmiro. Basta manter-se entre os melhores.

Fonte: Zero Hora