O Botafogo não recebeu toda a cota de R$ 400 mil acordada pela venda do mando de campo da partida contra o Atlético-MG, pela última rodada do Campeonato Brasileiro, para o Estádio Mané Garrincha. A diretoria alvinegra esperava utilizar essa quantia para pagar 50% da dívida que tem com o Vitória pela venda de Elkeson ao Guanghzou Evergrande (CHN).

– Inicialmente essa era a ideia, mas não recebemos toda a cota. Uma parte ficou de ser paga mais adiante por causa do baixo comparecimento do público. Estamos buscando outras fontes de receita para quitar essa dívida – explicou o presidente Carlos Eduardo Pereira à Rádio Transamérica, em declarações reproduzidas pelo site Globoesporte.com.

Apenas 3.694 pessoas pagaram ingresso para ver o empate sem gols entre o já rebaixado Botafogo e os reservas do Atlético-MG, gerando uma renda de R$ 264.120,00, no último domingo.

Fonte: Redação FogãoNET e Rádio Transamérica